header top bar

section content

Mercado da Bola: Chelsea entra na briga por Messi

Não é de hoje que vários clubes europeus sonham em trazer o Messi para seu elenco, porém após a condenação de 21 meses na Espanha ser confirmada por fraude fiscal, o craque argentino pode considerar sua saída do Barcelona. Segundo o tabloide inglês The Sun, o pai de Lionel, Jorge Messi, teria se reunido com o mandatário Roman Abramovith’s em um iate do dirigente nesses últimos dias.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/07/2016 às 09h31

Messi, jogador do Barcelona (Foto: Divulgação)

Mesmo com o Barcelona emitindo uma declaração de apoio ao atleta depois da condenação, Lionel Messi, hoje com 29 anos, acredita que a equipe poderia ter oferecido um melhor suporte no caso.

Estima-se que a taxa proposta pelo pai do atleta na “reunião” com Roman, para retirar o Messi do Barça pode bater a casa dos 100 milhões de libras. Acredita-se que esse encontro tenha acontecido nos últimos dez dias, no iate de luxo Eclipse que pertence a Roman.

Ainda segundo o jornal, a família de Messi estaria se sentindo vítima das autoridades espanholas e que o Chelsea já vinha acompanhando o processo de julgamento que findou em punir Messi e seu pai a pagarem algo em torno de 3 milhões de libras, além dos 21 meses de prisão.

A equipe londrina imagina que com a condenação e uma possível não renovação de Messi com o Barcelona, possa entrar na briga para ter a estrela do clube, e até que estaria com uma certa vantagem na contratação do jogador argentino.

Seria o fim da Era Messi no Barcelona?

The Sun

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan