header top bar

section content

Mercado da Bola: Chelsea entra na briga por Messi

Não é de hoje que vários clubes europeus sonham em trazer o Messi para seu elenco, porém após a condenação de 21 meses na Espanha ser confirmada por fraude fiscal, o craque argentino pode considerar sua saída do Barcelona. Segundo o tabloide inglês The Sun, o pai de Lionel, Jorge Messi, teria se reunido com o mandatário Roman Abramovith’s em um iate do dirigente nesses últimos dias.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/07/2016 às 09h31

Messi, jogador do Barcelona (Foto: Divulgação)

Mesmo com o Barcelona emitindo uma declaração de apoio ao atleta depois da condenação, Lionel Messi, hoje com 29 anos, acredita que a equipe poderia ter oferecido um melhor suporte no caso.

Estima-se que a taxa proposta pelo pai do atleta na “reunião” com Roman, para retirar o Messi do Barça pode bater a casa dos 100 milhões de libras. Acredita-se que esse encontro tenha acontecido nos últimos dez dias, no iate de luxo Eclipse que pertence a Roman.

Ainda segundo o jornal, a família de Messi estaria se sentindo vítima das autoridades espanholas e que o Chelsea já vinha acompanhando o processo de julgamento que findou em punir Messi e seu pai a pagarem algo em torno de 3 milhões de libras, além dos 21 meses de prisão.

A equipe londrina imagina que com a condenação e uma possível não renovação de Messi com o Barcelona, possa entrar na briga para ter a estrela do clube, e até que estaria com uma certa vantagem na contratação do jogador argentino.

Seria o fim da Era Messi no Barcelona?

The Sun

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada