header top bar

section content

Phelps brilha mais uma vez e conquista 20ª e 21ª medalha de ouro na Olimpíada

Americano é o grande destaque da noite de natação, que teve o brasileiro Marcelo Chierighini se classificando para a final

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

10/08/2016 às 10h56

Michael Phelps conquistou a 20º medalha de ouro na Olimpíada na prova dos 200m borboleta (Foto: Antonio Milena / Veja / NOPP')

Com a presença de alguns astros do basquete dos Estados Unidos, como Klay Thompson e Kevin Durant, o quarto dia de natação na Olimpíada do Rio teve mais um show da dupla Michael Phelps e Katie Ledecky. Mas o americano foi o grande nome da noite ao aumentar sua coleção de ouros para 21, após ganhar mais dois nesta terça-feira. Único brasileiro a cair nas águas da piscina à noite, Marcelo Chierighini fez bonito e garantiu vaga na final dos 100m livre, com o oitavo melhor tempo..

O brasileiro foi muito aplaudido, mas o dono da festa foi Phelps e chegou a se emocionar no pódio ao receber o ouro por ter vencido os 200m borboleta. Em Londres, ele perdeu nessa prova para o sul-africano Chad le Clos, que terminou em quarto em 2016. Além disso, Phelps, enquanto era ovacionado pelo público, foi dar um beijo na mulher, na mãe e no filho. Depois, ainda teve fôlego para ganhar o revezamento 4x200m livre com os Estados Unidos.

Michael Phelps conquistou a 20º medalha de ouro na Olimpíada na prova dos 200m borboleta
Foto: Antonio Milena / Veja / NOPP’
Agora, o multicampeão contabiliza 25 medalhas no total, para a alegria da plateia, que comemorou muito o feito. Já Ledecky vai seguindo os mesmo passos após nova vitória, desta vez nos 200m livre. A nadadora de 19 anos já tem três medalhas no Rio (duas de ouro e uma de prata).

A primeira prova da noite valeu vaga à final dos 100m livre masculino. Marcelo Chierighini participou da segunda bateria da semifinal e terminou em quinto, após virar os 50m em primeiro. Com o tempo de 48s23, ele conseguiu a última vaga, para delírio da torcida. O brasileiro comemorou muito. O melhor foi Nathan Adrian, com 47s83.

Já na final dos 200m livre feminino, Katie Ledecky conquistou o segundo ouro no Rio (o primeiro foi nos 400m livre e ela ainda tem uma prata no revezamento 4x100m) com a marca de 1min5373. A americana superou Sarah Sjostrom, que havia feito o melhor tempo na semifinal. A sueca ficou com a prata e a australiana Emma Mckeon, com o bronze.

Logo em seguida foi a vez de Michael Phelps dar mais um show na piscina e também conquistar a segunda medalha no Rio. Em um fim de prova sensacional, o americano, que liderava bem, chegou a ser alcançado, mas bateu em primeiro (1min53s36), seguido pelo japonês Masato Sakai e o húngaro Tamas Kenderesi. Dono da piscina, Phelps fez o Parque Aquático explodir e foi ovacionado.

Pensa que acabou para o americano? Triturador de marcas, Phelps voltou à piscina cerca de 50 minutos depois (e 10 minutos após receber a medalha de ouro) com a equipe de revezamento 4x200m livre e foi o último a cair na piscina. Os companheiros entregaram a liderança e ele, mesmo cansado, só precisou manter o ritmo para levar os Estados Unidos a mais uma vitória (7min00s66), seguidos por Grã-Bretanha e Japão.

Antes de Phelps voltar, o japonês Ippei Watanabe bateu o recorde olímpico dos 200 m peito (2min7s22) na semifinal. Já na final dos 200m medley feminina, a ‘Dama de Ferro’ Katinka Hosszu também bateu o recorde olímpico (2m06s58) e conquistou o terceiro ouro no Rio. A britânica Siobhan-Marie O’Connor foi prata e a americana Maya Dirado ficou com o bronze.

O Dia

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe