header top bar

section content

Palmeiras e Flamengo ficam no 1 a 1 no ‘jogo da rodada’

Em jogo visto por torcedores como "decisão antecipada", as equipes empataram por 1 a 1 e a distância entre líder e vice-líder do Brasileiro continuou mínima

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

15/09/2016 às 07h42

Imagem Ilustrativa (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O equilíbrio técnico entre Palmeiras e Flamengo ganhou forma no gramado do Allianz Parque nesta quarta-feira (14). Em jogo visto por torcedores como “decisão antecipada”, as equipes empataram por 1 a 1 e a distância entre líder e vice-líder do Brasileiro continuou mínima, de um ponto.

Em campo, o desempenho parelho se refletiu na posse de bola no primeiro tempo, exatamente 50% para cada lado. Aos 39 minutos da primeira etapa, o volante Márcio Araújo recebeu o segundo cartão amarelo, foi expulso e minou o ritmo parelho da partida, que a partir daí pendeu ao Palmeiras.

Por esse motivo, a equipe carioca pouco ameaçou no segundo tempo, mas foi certeira. Dois segundos após ter entrado em campo, Alan Patrick acertou o ângulo de Jailson e abriu o placar aos 17 minutos.

Quando o desespero começou a tomar conta, Gabriel Jesus chamou a responsabilidade para si. Confirmado minutos antes da partida como titular devido a uma lesão na coxa esquerda, ele finalizou no canto de Muralha e garantiu que a tabela ficaria como no início da rodada.

Despontando como principais candidatos ao título, Palmeiras e Flamengo terão caminhos genericamente similares. Contudo, o time paulista terá trajetória teoricamente mais fácil em alguns momentos –o que pode ser de grande valia, já que tecnicamente ambas as equipes têm mostrado níveis parecidos.

Até esta quarta-feira (14), os adversários do Palmeiras acumularam 402 pontos no Brasileiro, enquanto os do Flamengo somaram 416. O núcleo da diferença entre as tabelas dos dois times envolve outras seis equipes. Dos 13 adversários que restam para cada um, dez são iguais. Em relação aos que diferem, a dificuldade é maior para o Flamengo.

O time do Rio enfrentará São Paulo (12º), Fluminense (7º) e Atlético-PR (9º) fora de casa, ou seja, um time tradicional que vive período turbulento, um clássico estadual e o melhor mandante do Brasileiro até o momento (com aproveitamento de 80,6% na Arena da Baixada).

No caso do Palmeiras, os adversários serão Sport, Chapecoense e Vitória. Ambas as equipes do Nordeste buscam campanhas para evitar o rebaixamento, enquanto o time de Santa Catarina permanece no meio da tabela, na 11a colocação.

Cronologicamente, a tabela do atual líder do campeonato está mais bem dividida em blocos de dificuldades distintas. Logo após enfrentar o Corinthians no sábado (17), o Palmeiras enfrentará uma sequência de jogos com adversários da parte de baixo da tabela, dois deles atualmente na zona de rebaixamento: Coritiba (14º), Santa Cruz (19º), América-MG (20º), Cruzeiro (15º) Figueirense (16º) e Sport (13º).

Depois disso, enfrenta complicada série contra Santos, Internacional, Atlético-MG e Botafogo. Já os flamenguistas devem viver uma montanha-russa de emoções, revezando encontros com adversários das partes mais baixas da tabela com rivais históricos, times tradicionais e outros que brigam pelas primeiras posições.

Notícias ao Minuto com informações da Folhapress

XEQUE-MATE

Xeque Mate recebe roteirista e atores do filme cearense e independente “Os Olhos de Alice” ; CONFIRA!

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Samita e Dimas Andriola

RESUMÃO DA RODADA

Diário Esportivo lista principais acontecimentos da oitava rodada do Campeonato Paraibano

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em continência ao Senhor Jesus recebe o pastor Ismar e a cantora Rafaela Amaro; CONFIRA!