header top bar

section content

veja mais Esportes

Jornal argentino diz que 3 a 0 “foi barato”: “Chamem a emergência”

Em sua capa, "Olé" usa tom alarmista e chama atenção para situação hermana nas eliminatórias para a Copa do Mundo: "Sem futebol e abalada psicologicamente"

Por Luzia de Sousa

11/11/2016 às 07h46

ole1

Acostumado a usar o bom humor em suas manchetes, o jornal argentino “Olé” utilizou um tom alarmista para noticiar a dura derrota da seleção do país para o Brasil, por 3 a 0, na última quinta-feira. Usando uma foto com Neymar, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho fazendo o gesto de uma ligação telefônica, o diário esportivo chamou a atenção para a situação da Argentina nas eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2018 e pediu: “Chamem a emergência”.

A publicação aponta que o cenário para o time hermano, fora da zona de classificação para o Mundial, é digna de um “telefone vermelho” e também diz que o 3 a 0 no Mineirão acabou sendo “barato”, diante de uma argentina “sem futebol e abalada psicologicamente”. Ao citar o atacante Gabriel Jesus, o jornal ainda pede ajuda de Cristo: “Por favor, Jesus”.

A reportagem sobre a partida, na parte interna do jornal, diz que o Brasil “deu um baile” na Argentina e “fez três que poderiam ser vários”, afirmando que a Argentina tem pela frente um “futuro negro”.

Com o revés da última quinta, a Argentina se manteve com 16 pontos, permanecendo na sexta colocação das eliminatórias, um ponto atrás de Equador e Chile, quarto e quinto, respectivamente, e um na frente do Paraguai, sétimo lugar. Na próxima terça, o time comandado por Edgardo Bauza recebe a Colômbia em San Juan.

Globo Esporte

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo destaca a rodada do Campeonato Paraibano; Confira!

PROGRAMA

Direto do Vale do Piancó, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

INTERVIEW

Promotor ‘manda’ município retirar mercadorias de calçadas, cita saúde como problema e lamenta: “O povo continua votando em corruptos”

CAMPEONATO PARAIBANO

VÍDEO: Com estádio superlotado, Atlético de Cajazeiras joga mal e é goleado pelo Botafogo de João Pessoa no primeiro jogo da semifinal