header top bar

section content

Chapecoense espera 100 mil pessoas no velório de jogadores e comissão

Clube ainda não tem previsão de quando os corpos serão liberados de volta ao Brasil

Por Estagiário

30/11/2016 às 19h30 • atualizado em 30/11/2016 às 19h33

© Paulo Whitaker/Reuters

A diretoria da Chapecoense espera receber 100 mil pessoas no velório coletivo dos jogadores e da comissão técnica, previsto para ocorrer na Arena Condá, em Chapecó, em data ainda não definida. No momento, os corpos estão sendo identificados e não há previsão de liberação e transporte ao Brasil.

Em entrevista concedida na tarde desta quarta-feira, o vice-presidente do Conselho Deliberativo do clube, Gelson Dalla Costa, afirmou que já vem pedindo autorização às famílias para que o velório coletivo possa ser viabilizado. No caso de jogadores de outras partes do Brasil, a expectativa é que os corpos possam ser velados por algumas horas na Arena Condá e, em seguida, levados às respectivas regiões.

“Vai ser velório de algumas horas aqui, e após isso serão liberados e transferidos para onde desejarem as famílias”, explicou Dalla Costa.

Notícias ao Minuto

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e o resumo da rodada do Paraibano

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Mensagem de Esperança com Rodrigo Almeida e Nelson Dantas

ENTRETENIMENTO

ASSISTA: Forró das Gatas de Aurora no Ceará agita programa de Maria Calado e bate recorde de audiência

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe