header top bar

section content

Chapecoense espera 100 mil pessoas no velório de jogadores e comissão

Clube ainda não tem previsão de quando os corpos serão liberados de volta ao Brasil

Por Estagiário

30/11/2016 às 19h30 • atualizado em 30/11/2016 às 19h33

© Paulo Whitaker/Reuters

A diretoria da Chapecoense espera receber 100 mil pessoas no velório coletivo dos jogadores e da comissão técnica, previsto para ocorrer na Arena Condá, em Chapecó, em data ainda não definida. No momento, os corpos estão sendo identificados e não há previsão de liberação e transporte ao Brasil.

Em entrevista concedida na tarde desta quarta-feira, o vice-presidente do Conselho Deliberativo do clube, Gelson Dalla Costa, afirmou que já vem pedindo autorização às famílias para que o velório coletivo possa ser viabilizado. No caso de jogadores de outras partes do Brasil, a expectativa é que os corpos possam ser velados por algumas horas na Arena Condá e, em seguida, levados às respectivas regiões.

“Vai ser velório de algumas horas aqui, e após isso serão liberados e transferidos para onde desejarem as famílias”, explicou Dalla Costa.

Notícias ao Minuto

FUTEBOL PARAIBANO SOB INVESTIGAÇÃO

Diário Esportivo comenta os desdobramentos da operação que investiga possível manipulação no Paraibano

INTERVIEW

VÍDEO: Médico cajazeirense referência na PB critica colegas que só querem ‘enricar’ com medicina

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Mensagem de Esperança com Nelson Dantas e Maria Vitória

NO CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Vereador diz que conseguiu verba e ambulância para hospital de São João do Rio do Peixe