header top bar

section content

Tom Brady lidera maior virada da história do Super Bowl

A partida épica marcou a maior virada da história da decisão do futebol americano

Por Ana Maria

06/02/2017 às 20h30 • atualizado em 06/02/2017 às 11h46

© Reuters / Adrees Latif

A expectativa era por um título que renderia a Tom Brady a distinção de ser o único quarterback da história com cinco títulos de Super Bowl.

Nos primeiros 47 minutos da decisão da NFL em Houston, neste domingo (5), ocorreu o contrário: o Atlanta Falcons subjugou Brady e o favorito New England Patriots.

Dominante no ataque e na defesa e liderado pelo jogador mais valioso da temporada (MVP), o quarterback Matt Ryan, os Falcons chegaram a abrir 21 a 0 no primeiro tempo. No segundo tempo, o placar chegou a apontar 28 a 3 para a equipe, que nunca conquistou o título-foi vice-campeã em 1998/1999.

Mas, não sabe-se bem como, Brady e os Patriots recuperaram-se, anotaram 19 pontos sem resposta no quarto período e levaram o jogo para a prorrogação, a primeira da história do Super Bowl, que passou a ser realizado na década de 1960.

Em uma partida épica, na maior virada da história da decisão do futebol americano, os Patriots obtiveram um touchdown no tempo extra que selou a vitória em 34 a 28 e deu à franquia seu quinto e mais difícil título da final.

O triunfo também marcou a consagração de Brady, de 39 anos, como um dos maiores de todos os tempos.

O jogador, que é marido de Gisele Bündchen, é o primeiro quarterback da história a conquistaram cinco vezes a maior distinção do futebol americano.

Ele também detém recordes de participações (sete), touchdowns e jardas. Após a conquista, ele se emocionou ainda no gramado, abraçou o técnico Bill Belichick, com quem forma há mais de 15 anos a parceria vitoriosa.

Brady e os Patriots levaram taças em 2002, 2004, 2005, 2015 e nesta temporada. Além disso, foi eleito o jogador mais valioso (MVP) da temporada regular.

É bem verdade que ele acumulou, em sua carreira, episódios polêmicos, como o esvaziamento de bolas na final de conferência contra o Indianapolis Colts, em 2015, que lhe rendeu quatro jogos de suspensão nesta temporada.

Mas, dentro de campo, sua trajetória é impecável.

Neste domingo, ele lançou para dois touchdown e 466 jardas (um recorde). Como o jogo corrido dos Patriots não funcionava, ele efetuou 62 lançamentos, um número altíssimo, porém que no fim se provou a única solução para sua equipe reverter o placar. Pela atuação, foi eleito o MVP do duelo.

Brady afirmou, durante a semana, que não tem interesse em se aposentar. Ou seja, planeja aumentar sua galeria particular de conquistas.

Após a virada praticamente impossível deste domingo, em Houston, ninguém se atreve a duvidar. Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!