header top bar

section content

Tom Brady lidera maior virada da história do Super Bowl

A partida épica marcou a maior virada da história da decisão do futebol americano

Por Ana Maria

06/02/2017 às 20h30 • atualizado em 06/02/2017 às 11h46

© Reuters / Adrees Latif

A expectativa era por um título que renderia a Tom Brady a distinção de ser o único quarterback da história com cinco títulos de Super Bowl.

Nos primeiros 47 minutos da decisão da NFL em Houston, neste domingo (5), ocorreu o contrário: o Atlanta Falcons subjugou Brady e o favorito New England Patriots.

Dominante no ataque e na defesa e liderado pelo jogador mais valioso da temporada (MVP), o quarterback Matt Ryan, os Falcons chegaram a abrir 21 a 0 no primeiro tempo. No segundo tempo, o placar chegou a apontar 28 a 3 para a equipe, que nunca conquistou o título-foi vice-campeã em 1998/1999.

Mas, não sabe-se bem como, Brady e os Patriots recuperaram-se, anotaram 19 pontos sem resposta no quarto período e levaram o jogo para a prorrogação, a primeira da história do Super Bowl, que passou a ser realizado na década de 1960.

Em uma partida épica, na maior virada da história da decisão do futebol americano, os Patriots obtiveram um touchdown no tempo extra que selou a vitória em 34 a 28 e deu à franquia seu quinto e mais difícil título da final.

O triunfo também marcou a consagração de Brady, de 39 anos, como um dos maiores de todos os tempos.

O jogador, que é marido de Gisele Bündchen, é o primeiro quarterback da história a conquistaram cinco vezes a maior distinção do futebol americano.

Ele também detém recordes de participações (sete), touchdowns e jardas. Após a conquista, ele se emocionou ainda no gramado, abraçou o técnico Bill Belichick, com quem forma há mais de 15 anos a parceria vitoriosa.

Brady e os Patriots levaram taças em 2002, 2004, 2005, 2015 e nesta temporada. Além disso, foi eleito o jogador mais valioso (MVP) da temporada regular.

É bem verdade que ele acumulou, em sua carreira, episódios polêmicos, como o esvaziamento de bolas na final de conferência contra o Indianapolis Colts, em 2015, que lhe rendeu quatro jogos de suspensão nesta temporada.

Mas, dentro de campo, sua trajetória é impecável.

Neste domingo, ele lançou para dois touchdown e 466 jardas (um recorde). Como o jogo corrido dos Patriots não funcionava, ele efetuou 62 lançamentos, um número altíssimo, porém que no fim se provou a única solução para sua equipe reverter o placar. Pela atuação, foi eleito o MVP do duelo.

Brady afirmou, durante a semana, que não tem interesse em se aposentar. Ou seja, planeja aumentar sua galeria particular de conquistas.

Após a virada praticamente impossível deste domingo, em Houston, ninguém se atreve a duvidar. Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada