header top bar

section content

Flamengo vence Vasco e partida termina em confusão, briga e morte

O tumulto ocorreu após fim da partida, quando torcedores vascaínos começaram a jogar objetos em campo

Por Luzia de Sousa

09/07/2017 às 12h15

RJ - FUTEBOL/BRASILEIRO/VASCO X FLAMENGO - ESPORTES - O Vasco da Gama recebe o Flamengo no Estádio de São Januário, na Zona Norte do Rio, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiiro. O jogador Éverton comemora seu gol 08/07/2017 - Foto: MÁRCIO MERCANTE/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

A vitória do Flamengo sobre o Vasco por 1 a 0, neste sábado (8/7), foi marcada por confusão entre torcidas dentro e fora do estádio São Januário, casa do time cruzmaltino. A confusão foi iniciada logo após o apito do árbitro, com os vascaínos jogando objetos dentro de campo e subindo nos alambrados. Jogadores do rubro-negro carioca e a arbitragem ficaram por pelo menos cinco minutos sem poder sair de campo. Um torcedor morreu baleado e outros dois foram atingidos.

Parte dos mais de 19 mil torcedores que estavam nas arquibancadas não gostaram da derrota do Vasco para o arquirrival e começaram um processo de multa provocação com a torcida rival. No local reservado para a saída do time do Flamengo, os torcedores do time da Colina lançaram objetos em direção ao túnel de acesso aos vestiários, por onde os jogadores do rubro-negro deveriam sair.

A polícia do Rio de Janeiro entrou nas arquibancadas, com o objetivo de evitar que torcedores das duas equipes conseguissem entrar em vias de fatos. Policiais de dentro do campo passaram a disparar bombas de efeito moral e de gás lacrimogênio. Nas arquibancadas, pelas imagens, era possível ver crianças e mulheres sofrendo os efeitos do forte cheiro.

Com a maior parte dos policiais dentro do estádio, torcedores vascaínos começaram nova confusão e entram em conflito com policiais já posicionados para a saída dos expectadores dos dois times. A torcida do Flamengo foi mantida dentro do estádio, para evitar que o confronto se alastrasse pelas ruas.

O torcedor que morreu foi baleado no tórax durante conflito com a Polícia Militar após o clássico. Levado para o Hospital Souza Aguiar, chegou sem vida. Além dele, outros dois torcedores deram entrada com ferimentos à bala, ambos nas pernas, e estão fora de risco. Um quarto torcedor foi recebido com ferimentos provocados por estilhaços de vidro.

A partida
A partida foi decidida aos 18 minutos do segundo tempo com gol de Éverton de cabeça, após cruzamento da direita. Em boa triangulação, o Flamengo quase chegou ao segundo tento com Everton Ribeiro, mas a bola acabou afastada pela defesa do Vasco.

Desde o primeiro tempo a partida foi tensa, com poucas chances para os dois lados, sendo a primeira boa de Guerreiro, que chutou de longe, apenas aos 37 minutos da primeira etapa. E nada mais. O Vasco procurava ser agudo, mas não causou problemas para a defesa rubro-negra.

A disputa também foi nervosa. Com muitos cartões e nervos à flor da pele. Luís Fabiano e Neném pelo Vasco e Paolo Guerreiro do Flamengo, foram apenas alguns dos que levaram cartão amarela de forma desnecessária.

O Flamengo dorme na segunda colocação, ao menos até este domingo (8), quando o Grêmio vai a campo. Já o Vasco permanece na sexta posição e pode ser ultrapassado pelo rival Fluminense, também nesta rodada.

Metrópoles

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!