header top bar

section content

Presos ameaçam greve de fome por TV na Copa, mas juíza nega pedido

Caso aconteceu em Puerto Madryn

Por Notícias ao Minuto

14/06/2018 às 11h07

© REUTERS/Mariana Bazo

Uma juíza argentina negou o pedido de presos de Puerto Madryn, na província de Chubut, na Patagônia, que solicitavam uma TV para que pudessem assistir à Copa do Mundo.

Os presidiários ameaçaram uma greve de fome, caso não fossem atendidos. Eles também usaram a Constituição para dar base à solicitação.

“Nós nos dirigimos com o maior respeito que a sua pessoa e posição merecem, a fim de trazer a nosso favor um mandado de habeas corpus segundo a Lei 23.098 e protegido pela Constituição. Nós viemos da melhor maneira pedir-lhe para arbitrar os meios para consertar o cabo da TV, uma vez que há três dias não funciona e é um direito indispensável para toda pessoa privada de liberdade, como afirma a Lei”, diz a carta dos detentos enviada à Justiça.

A Argentina estreia sábado no Mundial, contra a Islândia. No Grupo D estão também Croácia e Nigéria.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte/607704/presos-ameacam-greve-de-fome-por-tv-na-copa-mas-juiza-nega-pedido

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula