header top bar

section content

Em operação contra fraude, Polícia vai à sede do Milan

64 pessoas, entre dirigentes, jogadores e atletas aposentados, são investigadas por evasão fiscal

Por

26/01/2016 às 09h11

Sede do Milan amanheceu com Polícia buscando documentos (Foto: Reprodução/Milan)

A Itália amanheceu envolvida em mais um escândalo no futebol. Desta vez, não é a manipulação de resultados ou os episódios racistas e homofóbicos que aconteceram recentemente, mas sim, investigação por fraude fiscal.

O jornal “Gazzetta dello Sport” publicou que a Guarda Financeira, uma espécie de polícia dedicada exclusivamente aos crimes fiscais, iniciou uma operação nesta terça-feira em busca de documentos que possam provar algum delito. O primeiro lugar da investigação foi a sede do Milan.

O diretor esportivo do clube, Adriano Galliani, está entre os 64 suspeitos, ao lado de outros dirigentes como Aurelio de Laurentiis, presidente do Napoli, Jean Claud Blanc, ex-presidente da Juventus, e o mandatário da Lazio, Claudio Lotito. Além deles, o ex-jogador Hernan Crespo também estaria na lista de investigados, que somando as fraudes daria cerca de 12 milhões de euros (R$ 53,1 milhões).

De acordo com o jornal, tudo começou depois que promotores de Nápoles tiveram acesso ao contrato de transferência de Lavezzi para o PSG, em 2012. Eles suspeitam que 35 times, das séries A e B vêm fraudando contratos a fim de diminuir os impostos cobrados pelo governo italiano.

Um dos promotores, Vincenzo Piscitelli, explicou como funcionava o mecanismo que fraudou diversos contratos entre 2009 e 2013. Os clubes colocavam em seu balanço um valor destinado ao empresário Alessandro Moggi por supostos trabalhos de intermediação nas transferências. Porém, esse valor era fictício e possibilitava a evasão, fazendo com que as sociedades faturassem o valor destinado às taxas.

Band

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”