header top bar

section content

Confusão: Ministério Público abre investigação contra organizada do Palmeiras

Promotor Paulo Castilho alega que os membros da Mancha Alviverde vendem ingressos para manter a assiduidade de 100% no plano ‘Avanti’

Por

23/01/2016 às 12h40

Mancha Alviverde será alvo de investigação. (Foto: Divulgação/Agência Palmeiras)

As declarações do presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, colocaram as torcidas organizadas nos holofotes do Ministério Público de São Paulo. A entidade já abriu investigações contra o Tricolor, por financiar as uniformizadas, e a Mancha Alviverde, ligada ao Palmeiras.

Assine o EI Plus por apenas R$9,90/mês e assista ao vivo e em HD à Liga dos Campeões

No caso da organizada palmeirense, o promotor Paulo Castilho suspeita que os membros da torcida fraudem o plano de sócios-torcedores do clube, o Avanti, e repassem os ingressos adquiridos, com prioridade por comparecerem a todos os jogos, para manter a assiduidade de 100%, caracterizando cambismo. A alegação foi confirmada por Castilho em entrevista ao Blog do Boleiro, vinculado ao portal Uol.

“É preciso acreditar que sete mil integrantes da Mancha tenham 100% de assiduidade. Não acredito que os mesmos torcedores frequentem todos os jogos. Eles passam os ingressos. Já estamos investigando esta prática. Isto se enquadra em crime de cambismo e abre a possibilidade de descobrirmos se as torcidas fazem lavagem de dinheiro e sonegação de impostos com estes ingressos”.

Na última quinta-feira (21), todos os clubes da primeira divisão do Campeonato Paulista se comprometeram a não realizar vendas de ingressos físicos, apenas pela internet, a membros de torcidas organizadas, a fim de evitar cambismo e até mesmo coibir a violência nos estádios.

ESPORTE INTERATIVO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula