header top bar

section content

Flamengo aguarda sentença e ainda tenta acordo em ação de R$ 50 milhões de R10

Ronaldinho recusou primeira oferta rubro-negra de cerca de R$ 15 milhões, ano passado. Jurídico do Fla não comenta assunto, mas partes confiam em entendimento

Por

20/01/2016 às 07h50

Ronaldinho Gaúcho (Foto: Marcos Ribolli)

Ronaldinho atualmente disputa o Torneio da Flórida em passagem temporária pelo Fluminense. Mas no Flamengo, mesmo quatro anos depois de ir embora, ainda é assunto interno. Clube e jogador aguardam a sentença judicial relativa à ação que ele move contra o Rubro-Negro, na qual pede indenização de aproximadamente R$ 50 milhões – em valor atualizado – por pagamentos atrasados e danos morais. 

Desde o ano passado o Flamengo tenta um acordo com Ronaldinho, que não aceitou os valores propostos na primeira oferta. Dessa forma, o processo segue correndo na Justiça aguardando a sentença do juiz. No entanto, a decisão a ser anunciada será em primeira instância, o que dá ao clube o direito de recorrer. Mesmo assim o corpo jurídico rubro-negro segue em busca do acordo. O valor é mantido em sigilo pelos advogados, mas o que vem sendo proposto ao atleta varia de R$ 12 milhões a R$ 15 milhões a serem pagos de forma parcelada.

Em contato com a reportagem, tanto o vice-presidente jurídico do Flamengo, Flavio Willeman, quanto o presidente Eduardo Bandeira de Mello disseram que não comentariam o assunto, pois a ação corre em segredo de Justiça – ou seja, com acesso apenas pelas partes do processo. A advogada de Ronaldinho é Gislaine Nunes, que mantém a confiança no êxito de seu cliente. O advogado Aldo Giovane Kurle tenta ajustar acordo entre as partes, que ainda acreditam num entendimento que poderia encerrar a questão antes da decisão em esfera jurídica.

O irmão de Ronaldinho, Roberto Assis, que cuida da carreira do jogador, é quem responde pela proposta do Flamengo de acordo. Houve avanços na negociação e valores e tempo de pagamento chegaram próximo do entendimento extrajudicial. A sentença favorável a qualquer uma das partes, porém, pode mudar completamente o rumo das conversas. 

Além das testemunhas, o Flamengo conta com um laudo elaborado por um perito apontando que o jogador causou danos à imagem do clube. É a principal arma dos rubro-negros para combater o pedido de indenização por danos morais – a esperança do clube é conseguir demonstrar que o dano supostamente causado por R10 à imagem do Flamengo é, no mínimo, proporcional ao dano moral alegado pelo jogador.

Globo Esporte

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE