header top bar

section content

Ainda com cabeça no G-4, Flamengo desafia a força do Santos em jogo hoje a noite

Na visão dos jogadores do Flamengo, o Santos vai tentar partir para decidir o jogo desde o começo e, por isso mesmo, é importante manter o equilíbrio e jogar com inteligência.

Por

19/11/2015 às 07h55

Jogadores do Flamengo comemoram gol no amistoso contra o Orlando City (Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Santos e Flamengo se enfrentam nesta quinta-feira, às 22h (de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube paulista, que vem de empate sem gols com o Joinville, tem 54 pontos e defende a permanência no G-4, a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Embalado pela goleada de 4 a 1 sobre o Goiás, o time rubro-negro, que tem 47 pontos, busca uma vitória para mostrar que ainda é possível sonhar com o torneio continental.

A chance de conquistar a vaga na Copa Libertadores realmente parece ser uma realidade para os jogadores flamenguistas, que se negam a tratar os jogos restantes como se servissem apenas para cumprir tabela.

"Nós sabemos que ainda tem muita coisa para acontecer neste Campeonato Brasileiro. Não podemos desistir de nada. Temos que pensar em ganhar os quatro jogos restantes e ver o que acontece. Se ganharmos do Santos podemos dar um salto de qualidade na tabela de classificação e ainda existe a possibilidade de o G-4 virar G-5. O importante neste momento é pensarmos em ganhar do Santos", disse o zagueiro Wallace.

Com tanta gente mirando o G-4, o Santos sabe que é difícil se manter no posto.

"Este jogo é muito importante. Importante para fazermos nosso dever de casa, nos mantermos no G-4, que é difícil. Estamos há umas três, quatro rodadas lá. Difícil chegar, mas mais complicado ainda é manter. Vamos procurar fazer o nosso melhor para seguirmos no G-4 por mais uma rodada", disse David Braz.

Os santistas acreditam que o período sem jogos serviu para deixar o elenco mais "descansado" para a maratona que está por vir e a ordem é se impor contra o Flamengo.

"Na próxima semana já tem jogo decisivo pela final da Copa do Brasil contra o Palmeiras e precisamos ir para a decisão com uma pontuação segura no Campeonato Brasileiro. O Dorival Júnior deixou claro que precisamos nos impor contra o Flamengo e conquistar a vitória, mesmo respeitando o adversário. Justamente por conta disso vamos procurar impor o nosso ritmo desde o primeiro momento", avisou o volante Thiago Maia.

Na visão dos jogadores do Flamengo, o Santos vai tentar partir para decidir o jogo desde o começo e, por isso mesmo, é importante manter o equilíbrio e jogar com inteligência. Por isso a ordem é manter a pegada exibida na goleada sobre o Goiás.

"O Flamengo tem por característica jogar de maneira ofensiva, mesmo fora de casa e contra grandes adversários. Por isso mesmo entendo que não vamos modificar a nossa maneira de atuar nesta quinta-feira, mesmo enfrentando um dos melhores times do país no momento. O importante é não aceitarmos o que o Santos está preparando para essa partida, é não deixarmos que eles nos pressionem. O ideal é o Flamengo conseguir impor o ritmo que conseguiu aplicar na goleada contra o Goiás, principalmente no segundo tempo, quando não deixamos o adversário jogar um só momento", disse o meia Alan Patrick.

Em termos de escalação o Flamengo tem uma grande dúvida para este jogo. O atacante Paolo Guerrero, que está servindo o Peru nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, vai se apresentar ao grupo em Santos e será avaliado. Se a comissão técnica entender que é melhor preservar o atleta, Kayke permanecerá entre os titulares.

Pelo lado do Santos, como já era esperado, Geuvânio foi escalado no lugar de Lucas Lima, que levou o terceiro cartão amarelo na última rodada. Com a entrada do Caveirinha pelas beiradas, Marquinhos Gabriel volta a fazer a função de meia centralizado.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X FLAMENGO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 19 de novembro de 2015, quinta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Ivan Carlos Bohn (PR)

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Marquinhos Gabriel; Geuvânio, Gabriel e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, César Martins, Wallace e Jorge; Jonas, Márcio Araújo, Gabriel e Alan Patrick; Emerson Sheik e Kayke (Paolo Guerrero). Técnico: Oswaldo de Oliveira

MSN

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018