header top bar

section content

Paraíba terá 11 representantes nos Jogos Pan Americanos no Canadá

Os Jogos Pan Americanos são disputados desde 1951 e esta edição de 2015, que vai até o dia 26 de julho, será a 17ª.

Por

09/07/2015 às 14h20

Paraíba terá 11 representantes nos Jogos Pan Americanos no Canadá

Os Jogos Pan Americanos, que serão realizados em Toronto, no Canadá, a partir desta sexta- feira (10) terão 11 paraibanos na delegação brasileira. No atletismo, Andressa Moraes, Jucilene Sales, Jailma Sales e Larissa Léllys, enquanto que na natação, Kaio Márcio. No vôlei de praia, a dupla paraibana Álvaro e Victor vai tentar o ouro; no vôlei de quadra masculino, o levantador Thiago Veloso e no feminino, Mari Paraíba. No handebol feminino, a Paraíba tem a goleira Mayssa Pessoa e no hockey masculino, Bruno Sousa.

“A Paraíba mostra o expressivo número de atletas que vai disputar uma das principais competições esportivas do mundo. Ficaremos na torcida para que consigam trazer medalhas e vê-los no pódio, pois assim, voltarão mais empolgados visando as Olimpíadas de 2016, que será no Rio de Janeiro”, disse o secretário de Estado de Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira.

Os Jogos Pan Americanos são disputados desde 1951 e esta edição de 2015, que vai até o dia 26 de julho, será a 17ª. O Brasil sediou o evento no ano de 2007, onde conquistou 157 medalhas, sendo 52 de ouro, 40 de prata e 65 de bronze. “O Pan representa praticamente uma olimpíada voltada para os países do continente americano. Qualquer atleta sonha, além de uma olimpíada, jogar também um pan americano”, disse José Marco, medalhista olímpico nos Jogos de Sidnei, em 2000 e atualmente secretário executivo de Esporte e Lazer da Paraíba.

SECOM

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’