header top bar

section content

Atlético perde para CSP e estaciona na terceira colocação do Campeonato. Veja gols!

Os gols do CSP foram marcados por Soares, que marcou duas vezes e Rhair totalizando três gols, já pelo Atlético quem marcou foi o atacante Júnior Mineiro.

Por

21/04/2014 às 22h00

O Atlético de Cajazeiras perdeu neste domingo (20), para CSP de João Pessoa pelo placa de 3×1. A partida foi realizada no estádio Almeidão e foi válida pela 10ª rodada do Campeonato Paraibano. Mesmo perdendo o time de Cajazeiras permanece na terceira colocação com 14 pontos. 

Os gols do CSP foram marcados por Soares, que marcou duas vezes e Rhair totalizando três gols, já pelo Atlético quem marcou foi o atacante Júnior Mineiro.

Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, o técnico do Atlético, Reginaldo Sousa disse que ainda acredita na classificação do Trovão Azul do Sertão, pois segundo ele, ainda tem 15 pontos para disputar, e só está a quatro pontos do líder do campeonato.

“Nós ainda podemos nos classificar. Até porque os times que estão disputando vaga com a gente tem confronto direto. Além disso, temos cinco jogos pela frente, isto quer dizer que são 15 pontos a serem disputados. Eu creio que com o fim desta rodada, nós devemos ficar a quatro pontos apenas do líder do campeonato. Nós vamos continuar trabalhando e também acreditando, e assim, podemos conseguir o nosso objetivo que é a classificação”. Finalizou o treinador.

O próximo jogo do Atlético acontece nesta quarta-feira (23), no estádio Perpetão em Cajazeiras ás 20:30, com o Campinense.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Globo Esporte PB

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula