header top bar

section content

Mulher de 300 kg que era xingada de monstro pelo próprio pai consegue perder peso após cirurgia

Ela teve que arriscar a vida em viagem de mais de 2.000 km para realizar cirurgia

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

10/02/2017 às 16h00 • atualizado em 10/02/2017 às 16h01

A mulher de 44 anos conseguiu emagrecer após cirurgia (Foto: Reprodução/Daily Mail)

Uma mulher de 300 kg que era constantemente xingada e ofendida pelo pai, que a chamava de monstro, perdeu 86 kg em cirurgia bariátrica.

Ela já havia realizado uma redução de estômago aos 16 anos, mas ela acabou ganhando muito peso após a operação, ou seja, os resultados não foram os esperados.

Depois de ouvir de nutricionistas que não adiantava fazer dieta porque ela continuaria gorda, ela decidiu ir a uma cidade que fica a 2.000 km de distância.

Apesar do perigo de um coágulo de sangue se desenvolver por causa da viagem de avião, ela foi para lá no intuito de se encontrar com um médico especialista em obesidade. O profissional avaliou a situação da mulher, que tem 44 anos, e realizou uma operação para grampear uma parte do estômago, para que a comida fique apenas em uma parte do órgão. A outra parte, fora do grampo, não participa da digestão.

— Comida sempre foi grande parte da minha vida. Nunca tive controle sobre o que comia e meus pais nunca me falaram para parar, então eu simplesmente comia o que queria, disse ela.

R7

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires