header top bar

section content

Enfermeira morre após se tornar refém de sequestrador que gritava em hospital: “Você deu veneno ao meu filho!”

O homem que capturou a enfermeira usando uma faca em seu pescoço foi preso depois de matar a vítima

Por

28/12/2015 às 19h47

Um sequestrador que invadiu um hospital na província de Guangdong, China, e capturou uma enfermeira usando uma faca em seu pescoço, foi preso depois de matar a vítima.

O incidente ocorreu no Hospital Southwest, na cidade de Wuchuan, no último dia 23 de dezembro.

Um homem de 38 anos de idade correu para o departamento de emergência do hospital à procura de uma enfermeira chamada Li Haiyan. Depois de colocar uma faca em sua garganta, ele saiu do prédio com ela como sua refém.

Um guarda do hospital havia fechado a porta para impedir sua fuga, mas como o sequestrador se tornou mais agressivo ameaçando matar a enfermeira, ele foi autorizado a deixar o local.

O sequestrador depois entrou em um carro com a vítima, e fugiu. Várias pessoas que testemunharam o incidente entraram em seus carros e começaram a segui-lo. Além delas, cinco carros da polícia foram enviados para perseguir o criminoso.

O sequestrador foi finalmente interceptado em Tangzhui. Li foi resgatada e levada às pressas ao hospital, mas morreu pelos ferimentos sofridos. Sua vértebra cervical e do crânio foram fraturados.

A imprensa local especula que o incidente tenha sido motivado por uma queixa do sequestrador contra o tratamento médico. Isso porque o irmão de Li teria dito que o homem havia levado seu filho ao hospital dias antes, e a enfermeira o havia ajudado a encontrar um médico.

Testemunhas também relataram que quando o sequestrador invadiu o hospital, gritou: “Você deu veneno ao meu filho!”

Mas o presidente do hospital disse que não há relatos de que o sequestrador ou sua família tenha ido ao hospital anteriormente.

A polícia local está realizando uma investigação para apurar os fatos.

Gadoo com Shanghaiist

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares