header top bar

section content

Mãe fala dos 6 bebês que teve em um intervalo de apenas 4 anos

Mulher dá à luz três casais de gêmeos em intervalo de apenas quatro anos

Por

28/12/2015 às 12h04

Andrea deu à luz três pares de filhos gêmeos em um intervalo de apenas quatro anos. Foto: Reprodu

Andrea e Mark Rivas, que vivem nos Estados Unidos, sempre sonharam em ter filhos, mas lutaram para conceber pela primeira vez.

Após um aborto, ele resolveram recorrer ao tratamento de fertilização in vitro no ano de 2012, e assim ganharam Conor e Avery.

Quando as crianças tinham ainda 3 anos de idade, Andrea deu à luz mais dois gêmeos. Isso ocorreu após ela e o marido fazerem amizade com outro casal que tinha dificuldades em conceber. Eles notaram a angústia dos amigos – Sandi e Philip Palmisano – durante o tratamento de fertilização, e Andrea se ofereceu para ajudá-los.

Ela falou ao casal: “Eu disse para ela: ‘Vou carregar seus filhos por você! Posso fazer isso'”.

No mês de fevereiro de 2014, Emma e Grayson, filhos dos Palmisano, nasceram.

Andrea e Mark acabaram, posteriormente, notando os sintomas de uma nova gravidez. Eles não estavam acreditando na possibilidade, já que os médicos haviam dito a Andrea que era impossível a ela engravidar naturalmente.

Mas como os enjoos e tonturas se tornaram frequentes, o casal decidiu fazer exames e confirmaram a gravidez – novamente de gêmeos.

Essa foi a terceira gestação de Andrea no intervalo de quatro anos. Com ela o casal recebeu as duas gêmeas, Leah e Elyse, que nasceram saudáveis e completaram a família.

Gadoo com BrasilPost

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula