header top bar

section content

Jaqueline Abreu em sua primeira ação anuncia geração de emprego e renda

Para a Primeira Dama de Cajazeiras, a Paraíba precisa urgentemente ser vista como um estado promissor no campo industrial e comercial para que empresas de grande e médio porte possam ivestir na região

Por

29/04/2009 às 16h54

A nova Secretária Executiva do Industria e Comércio do estado, Jaqueline Abreu, prestou entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira(29) e anunciou a ampliação do Liquida Paraíba. Segundo a secretária, será mais oportunidades de trabalho com a instalação de novas indústrias em cidades do interior do Estado e maior incentivo para aquecimento das vendas do comércio, com a ampliação para todo o Estado.

Jaqueline afirmou, que o Governo do Estado fará uma aliança com as prefeituras municipais e iniciativa privada, visando criar oportunidades de implantação de novos empreendimentos ou ampliar os existentes para que possa atrair indústrias para o as cidades do Interior. Além de criar esse ambiente favorável, a meta do governador Maranhão é colocar à disposição dos grupos empresariais um elenco de incentivos, seja através da redução tributaria ou dotação de infra-estrutura.

Ela explicou que a preocupação do Governo é criar condições para que as pessoas que precisam de trabalho não tenham que recorrer ao poder público por uma oportunidade de emprego, mas estejam habilitadas a buscar oportunidades na iniciativa privado. “É Importante a criação de mais pontos de trabalho”, comentou.

A secretária reconhece existir um déficit de oportunidades de pontos de empregos no Estado, deixando os jovens mais vulneráveis ao desvio de conduta pela falta de oportunidade de trabalho. Jaqueline garantiu que o Governo está investindo na capacitação porque com a futura instalação de fábricas, por exemplo, estas pessoas já estarão habilitadas. Na próxima semana, serão entregues diplomas para jovens que receberam capacitação na cidade de Sousa.

Jaqueline anunciou que duas empresas, uma da cidade de Sorocaba (SP), que atua com a fabricação de estofados, e outra na construção de calçados, da cidade de Sousa, querem instalar unidades de fabricação de seus produtos em Cajazeiras. Serão 260 novos empregos que serão implantados.

Da Redação do Diário do Sertão
Com Assessoria

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória