header top bar

section content

Cehap garante para junho entrega de casas em CZ

As primeiras 84 das 150 casas de um conjunto habitacional que a Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) está construindo em Cajazeiras serão entregues dentro de 60 dias, no início de junho. As 66 restantes deverão ser concluídas em outubro. Essa garantia foi dada nesta quinta-feira (2), pelo diretor presidente da Cehap, Carlos Mangueira, durante […]

Por

03/04/2009 às 22h43

As primeiras 84 das 150 casas de um conjunto habitacional que a Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) está construindo em Cajazeiras serão entregues dentro de 60 dias, no início de junho. As 66 restantes deverão ser concluídas em outubro.

Essa garantia foi dada nesta quinta-feira (2), pelo diretor presidente da Cehap, Carlos Mangueira, durante reunião com o prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu (PSB). Os proprietários das casas que estão sendo construídas na Zona Norte da cidade já foram definidos desde o ano passado.

Durante o encontro, realizado em Cajazeiras, o prefeito Léo Abreu aproveitou para apresentar o projeto que prevê a construção de 1000 casas populares no município e buscar apoio da CEHAP para viabilizá-lo.

“Esse projeto do conjunto Nova Cajazeiras deve ser viabilizado através de uma parceria dos governos federal e estadual, além do municipal”, enfatizou o prefeito. Carlos Mangueira sinalizou positivamente e assegurou que no que depender da CEHAP o projeto terá andamento.

A proposta, segundo Léo Abreu, é construir um conjunto habitacional com 1000 casas que conte com uma infra-estrutura que inclua posto de saúde, escola, praça de convivência, entre outros equipamentos que possibilitam uma melhor qualidade de vida para os moradores da localidade.

A Prefeitura está, atualmente, através da Secretaria de Planejamento, pesquisando possíveis áreas do município que possam ser destinadas para a construção do conjunto habitacional.

Outro projeto
Recentemente, o prefeito Léo Abreu se reuniu, Carlos Mangueira, em João Pessoa, para pleitear os recursos necessários para obras de infra-estrutura de um terreno onde a Prefeitura pretende edificar outros 1.000 apartamentos populares.

“A Prefeitura doou o terreno, avaliado em cerca de R$ 600 mil, os recursos para construção dos imóveis, totalizando R$ 54 milhões, já estão disponíveis via Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT), através da Força Sindical, falta agora apenas os recursos necessários para infra-estrutura do local para darmos início à obra”, argumenta Léo Abreu. O terreno localiza-se próximo a BR 230, na região Sul da cidade e mede 68 mil metros quadrados, sendo que os apartamentos serão construídos em 60% dessa área.

Segundo o prefeito de Cajazeiras, esse valor pleiteado ao Estado, equivale a cerca de R$ 700 mil, que serão destinados para limpeza do terreno, serviços de terraplanagem, pavimentação do acesso, instalação de energia com postiação, entre outras intervenções.

Pleito
Na ocasião, o presidente da CEHAP se comprometeu a encaminhar o pleito para a secretaria de Infra-estrutura. “A CEHAP não dispõe de verba para tal finalidade, mas como o projeto é muito interessante há uma possibilidade de conseguir recursos para realização da obra via Secretaria de Infra-estrutura”, afirmou Mangueira.

O prefeito de Cajazeiras explica que os apartamentos serão financiados com valores subsidiados do FAT e que isso possibilitará a adoção de taxas bem mais acessíveis que o mercado. Léo Abreu disse ainda que a Prefeitura impôs algumas condições para o programa de construção dos apartamentos.

Entre essas condições destaca-se a destinação dos apartamentos. 40% deles, o equivalente a 400 unidades, deverão ser, prioritariamente, destinadas para servidores municipais sindicalizados.

Da Secom-PB
Diário do Sertão

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis