header top bar

section content

Círculo do Coração: Ricardo discute ampliação do tratamento de crianças cardiopatas na PB

O governador Ricardo Coutinho recebeu, nessa quinta-feira (19), representantes do projeto Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba e da ONG Círculo do Coração, do Recife, para apresentação dos resultados de três anos de parceria e assistência às crianças carentes com problemas cardíacos congênitos na Paraíba. O aporte do Governo, por meio do financiamento de recursos da […]

Por

20/03/2015 às 19h00

O governador Ricardo Coutinho recebeu, nessa quinta-feira (19), representantes do projeto Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba e da ONG Círculo do Coração, do Recife, para apresentação dos resultados de três anos de parceria e assistência às crianças carentes com problemas cardíacos congênitos na Paraíba.

O aporte do Governo, por meio do financiamento de recursos da Secretaria de Estado da Saúde, conseguiu realizar 80 mil triagens neonatais, 7 mil consultas e ecocardiogramas, mais de 4 mil atendimentos através das caravanas, 800 capacitações profissionais, além de 330 cirurgias no Complexo de Pediatria Arlinda Marques (Capital), referência na área, e mais 62 outras cirurgias, no Recife, de pacientes cardiopatas paraibanos.

Antes desse convênio, muitas crianças tinham que se deslocar para outros estados porque a Paraíba não disponibilizava o serviço especializado. Havia o diagnóstico tardio, falta de serviços para realização das cirurgias, deterioração clínica, processos judiciais, entre outros pontos. Assim, os gastos com transporte aéreo, tratamentos em outros estados, eram altos chegando a R$ 1 milhão para um único paciente.

Ainda durante a reunião, foi apresentado um orçamento anual que, entre 2012-2013, era de R$ 3.327.633,12 para atender 12 maternidades e um hospital. Para 2014-2015, o orçamento passou para R$ 6.200.400,00 para atender 21 maternidades e um hospital.

Na oportunidade, o governador lembrou que, logo que o projeto lhe foi apresentado, ele aceitou imediatamente pois tinha a certeza de que seria o primeiro passo para garantir e construir uma política pública de saúde. “Este é um ano para melhorarmos todos os índices. Nós vamos buscar aperfeiçoar, cada vez mais, este projeto. Problemas existem, mas serão minimizados para ampliarmos os índices de atendimento e cirurgias”, observou o governador.

“Acho que estamos fazendo coisas incríveis no estado, pois conseguimos baixar drasticamente o número de mortalidade infantil, temos uma cobertura em 95% do SUS, conseguimos diagnosticar oito doenças mais comuns na cardiopatia, número semelhante aos de países de primeiro mundo como na América do Norte e Europa”, comemorou a presidente do Círculo do Coração, Sandra Mattos.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, lembrou que a Paraíba é pioneira no serviço e destacou a importância dos avanços na cardiologia pediátrica no Hospital Arlinda Marques. “Queremos ampliar consideravelmente o quantitativo cirúrgico e reestruturar o hospital referência para atender mais pacientes. O legado da parceria com o Círculo é a qualificação profissional do sistema para que depois possamos caminhar sozinhos. Já é possível ver resultados, trabalhos científicos publicados, a redução de transferência de pacientes e queda da mortalidade de crianças cardiopatas”, disse Abath.

Roberta comentou ainda que, para melhorar a integração entre os médicos e as Centrais instaladas no Hospital Arlinda Marques e na Associação Círculo do Coração, agilizando o diagnóstico e possibilitando a discussão de casos através de teleconferências, o Governo do Estado fez a entrega de equipamentos de informática para todas as 21 maternidades que realizam o atendimento na Paraíba. “Os equipamentos estão agilizando o diagnóstico e o atendimento aos bebês que nascerem com doença cardíaca. A telemedicina pode ser seguida para outras especialidades e projetos vindouros”.

O diretor geral do Arlinda Marques, Bruno Souza, também ressaltou os resultados da parceria. “Queremos ser autossuficientes a longo prazo e faremos um esforço para habilitar o serviço e, assim, o hospital deixar de perder recursos. Vamos reforçar a estrutura. Esse projeto tem um impacto enorme na saúde pública e o poder de se tornar modelo para outros Estados. Temos o apoio de todos os colaboradores para fazer cada vez mais”, enfatizou.

Caravana – Com o objetivo de expandir as ações da Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba, no período de 1º a 12 de julho, será realizada mais uma Caravana do Coração, que vai percorrer 13 cidades paraibanas. Na ocasião, será disponibilizada avaliação cardiológica clínica e por imagem de crianças e gestantes que, depois, resultará em um mutirão de cirurgias. Em 2013, a Caravana realizou 512 atendimentos na Paraíba. Em 2014, o número de atendimentos chegou a 1.019.

Os médicos que participam da Rede realizam uma triagem por meio do exame de oximetria em todos os recém-nascidos em até 24 horas após o nascimento. O exame mede a saturação de oxigênio no sangue. Nos casos em que é detectada alguma anormalidade, os bebês são encaminhados para realizar exames mais aprofundados.

Sobre o projeto – A parceria entre o Governo do Estado e a Associação Círculo do Coração foi assinada em outubro de 2011. Na Paraíba, 21 maternidades e o Complexo de Pediatria Arlinda Marques fazem parte do projeto. Além de João Pessoa, outras unidades hospitalares instaladas no interior fazem parte do Círculo do Coração, descentralizando o atendimento nas cidades de Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras, Guarabira, Monteiro, Esperança, Itaporanga, Picuí, Santa Rita, Catolé do Rocha, Princesa Isabel e Pombal.

Sobre a ONG – O Círculo do Coração de Pernambuco é uma entidade civil sem fins lucrativos, iniciada em julho de 1994 pelos integrantes da Unidade de Cardiologia e Medicina Fetal (UCMF) do Real Hospital Português (RHP). Seu principal objetivo é viabilizar o tratamento de crianças carentes, portadoras de doenças cardíacas.

Da Assessoria

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan