header top bar

section content

Inconformado com o fim do casamento, pai espanca filho de 11 anos com barra de ferro. Fotos!

Ele pode tentar algo pior comigo e com nossa família. Ele pode querer nos matar”, disse a mulher.

Por Priscila Belmont

01/11/2016 às 08h54 • atualizado em 01/11/2016 às 10h55

Com marcas da violência pelo corpo, criança foi levada para fazer exame de corpo de delito (Foto: PM/Divulgação)

Um popular de 36 anos está sendo procurado pela polícia acusado de agredir o filho com uma barra de ferro, a motivação do crime é o fim do casamento.

Um menino de 11 anos ficou com o corpo cheio de hematomas após levar uma surra com uma barra de ferro em Lagoa de Pedras, a cerca de 50 km de Natal.

A mãe afirma que a motivação do crime foi o fim do casamento entre ela e o pai do garoto “Foi o pai dele quem o espancou porque ficou com raiva do fim do nosso casamento. Agora estamos todos com medo de morrer”, disse a mãe.

A violência aconteceu neste domingo (30) no distrito de Mandu, zona rural da cidade.

Amedrontada a mãe contou também que o acusado atentou contra a vida dela “Ele também tentou me matar. Foi atrás de mim bem cedinho, logo que o dia nasceu. Só que eu tinha acabado de sair de casa com minha mãe. Ele tentou passar com o carro por cima da gente duas vezes. Graças a Deus conseguimos correr”, desabafou.

Insatisfeito por não ter conseguido executar o pano contra a ex-mulher o mecânico descontou toda a sua fúria no filho.

“Ele ficou sabendo que nosso filho estava dormindo na casa de um vizinho e foi até lá, invadiu a casa e começou a bater no menino com uma barra de ferro. Depois ele botou o menino dentro do carro e voltou para a casa da minha mãe, ameaçando matar o garoto para que minha mãe falasse onde eu estava. Ele deu uma nova surra nele. Por sorte meu filho conseguiu sair correndo. Depois disso ninguém mais viu meu ex-marido”, finalizou a mãe.

Após prestar queixa, a mulher disse que tem medo de voltar para casa. “Não sabemos o que fazer. Meu filho precisa voltar para casa, porque ele tem colégio. E eu, que sou agricultora, preciso voltar a trabalhar. Sou eu quem sustento meus meninos. Tenho três filhos para criar, todos com esse meu ex-marido. Ele pode tentar algo pior comigo e com nossa família. Ele pode querer nos matar”, disse a mulher.

DIÁRIO DO SERTÃO com G1

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor