header top bar

section content

Secretário de saúde visita família e garante tratamento a menina esfaqueada e a mãe

Anderson Barbosa garantiu que estará fornecendo, a partir dessa segunda-feira (15), os medicamentos para Dona Zefinha.

Por Luzia de Sousa

13/02/2016 às 16h21 • atualizado em 14/02/2016 às 18h33

Anderson Barbosa, Secretário de Saúde de Bonito

O secretário de Saúde da cidade de Bonito de Santa Fé, Anderson Barbosa, após tomar conhecimento neste sábado (13), da agressão sofrida pela adolescente de 13 anos de idade durante o carnaval, procurou a família da menor para prestar total apoio e disponibilizou todo medicamento para tratamento da menina.

A mãe da menor, identificada por Josefa informou que o secretário levou também as receitas para mandar os medicamentos para sua minha filha. “Ela vai tomar e vai ficar melhor, se Deus quiser”, disse a mãe.

A mulher declarou que ficou muito agradecida pelo apoio recebido, pois além de cuidar da menor, o secretário vai ajudar no seu tratamento psicológico já que é paciente do Caps em cidade no Estado do Ceará.

Anderson Barbosa garantiu que estará fornecendo, a partir dessa segunda-feira (15), os medicamentos para Dona Zefinha.

“Quando tomei conhecimento do fato procurei resolver o problema e não entrar em polêmica. A saúde da menina passou a ser um dever nosso de cuidar. Fui até a residência de Dona Zefinha e descobri que ela também precisa de cuidados e a partir de agora vamos assumir esse compromisso com a família”. Explicou Anderson.

Entenda
Uma adolescente de 13 anos de idade foi esfaqueada nas costas no domingo (7) de carnaval e a família estava desesperada, pois não tinha condições financeiras para custear o tratamento. As acusadas também são menores de idade e moram no mesmo município.

Veja Nota do Hospital
Hospital Municipal de Bonito de Santa Fé, frente a repercussão sensacionalista criada pelo ocorrido com uma jovem onde a mesma recebeu um ferimento na região da Escápula, vítima de uma garrafada dada por outras jovens. O Hospital Municipal informa que a mesma foi atendida pela equipe de enfermagem de plantão composta por enfermeiro e técnicos de enfermagem que realizou o atendimento de enfermagem e se prontificou a transferia a mesma para o Hospital Regional de Cajazeiras, pra que a mesma fosse atendida por um médico, mas a família se negou a ir na ambulância do município.

Informamos ainda que havia medico escalado para o plantão, mas o mesmo não veio, a direção se mobilizou na busca de médico pra suprir a falta esse dia, não conseguindo devido o período carnavalesco. A direção deixa claro que o município detém de 2 duas ambulâncias a disposição do Hospital, 1(uma) ambulância do SAMU, além de vários veículos que são utilizados para da suporte a população de acordo com a necessidade.

Desde já agradecemos a compreensão de todos, estamos a disposição para qualquer esclarecimento que se fizer necessário.

DIÁRIO DO SERTÃO com Vale do Piancó Notícias

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires