header top bar

section content

Zé Aldemir chama Jeová de amoral, mentiroso e o acusa de "roubar" aposentados

As revelações do deputado democrata foram feitas depois que Jeová Campos acusou José Aldemir de nunca ter feito nada por Cajazeiras. Tudo começou por causa de Hospital Regional .

Por

15/04/2009 às 18h04

O deputado estadual José Aldemir (DEM) voltou a criticar, pelo segundo dia consecutivo, a situação dos hospitais públicos do sertão paraibano. O alvo desta quarta-feira (15) foi o Hospital Regional de Cajazeiras e o seu diretor Antônio Fernandes, a quem ele chamou de uma indicação irresponsável e incompetente do deputado estadual Jeová Campos (PT).

Ele disse que o Hospital vive um momento de caos e denunciou que faltava uma série de necessidades essenciais. Segundo Aldemir, faltava no local desde médico e enfermeiros até soro, medicamento, roupa de cama e seringa. E o que era mais grave, segundo o parlamentar, faltavam até tubos de oxigênio para atender os internos na Unidade de Terapia Intensiva.

Ele entregou um documento à Assembleia Legislativa, em que enumerava nove problemas graves no Hospital Regional, e voltou a criticar Jeová pela nomeação de um diretor que estaria sepultando aquele espaço.

Reação
Só que desta vez a reação foi imediata. Logo após o pronunciamento de José Aldemir, o deputado petista pediu a palavra. Ele acusou Aldemir de ter usado politicamente o Hospital durante mais de 20 anos em que foi governo e disse que o parlamentar democrata era do tempo em que existia a “pilantragem da política e do apadrinhamento a partir do quem indica”.

Jeová disse ainda que, ao contrário do que foi dito, ele prima pela qualificação, pelo mérito profissional e pela autonomia científica e administrativa no Hospital Regional, ao firmar convênio com a Universidade Federal de Campina Grande e permitir que a instituição indicasse o diretor do hospital.

“O diretor Antônio Fernandes é um homem sério. Um médico e um professor que foi indicado pela UFCG para gerir o hospital. É um absurdo e uma falta de conhecimento de José Aldemir vir à AL e dizer que sou responsável pela indicação de cargos no Hospital, porque lá não existe ninguém nomeado por mim”, destacou.

Jeová foi enfático. “Não vou ouvir mais as besteiras do deputado, porque o tipo de política que ele faz é diferente da minha”, concluiu.

Voltando a usar a tribuna da Assembleia, José Aldemir acusou o petista de não ter personalidade e nem caráter. De acordo com o democrata, Jeová é um amoral que envergonha a classe política paraibana.

“Ele age da mesma forma no exercício de sua profissão. Jeová se locupleta de dinheiro de trabalhadores e aposentados de Cajazeiras quando defende causas trabalhistas”, denunciou.

“Não ando, me acompanho de Jeová para não manchar minha dignidade, para não macular meu nome, minha honra e o meu passado”, disparou Aldemir. O parlamentar afirmou que o deputado Jeová Campos é um mentiroso que vive em um mar de lama.

Acusações

As revelações do deputado democrata foram feitas depois que Jeová Campos acusou Aldemir de nunca ter feito nada por Cajazeiras. José Aldemir cobrava na ocasião, a ação do governo Maranhão para que os hospitais de Uiraúna, São João do Rio do peixe e São José de Piranha, não venha a fechar as suas portas, por falta de condições de manutenção, tendo em vista os recentes cortes de AIHs feitos pelo estado.

Mostrando-se irritado Zé Aldemir fez um desafio ao deputado petista.“Se Jeová me apontar alguma obra solicitada por ele em benefício da Paraíba eu renuncio ao meu mandato”. concluiu o deputado sertanejo, que apela ao governo do estado para que centenas de familias sertanejas não fiquem sem a assistência a saúde, que segundo o deputado é um dever do estado, garantido pela Constituição Federal

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações do Paraiba1 e ClickPB

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente