header top bar

section content

Cássio confirma candidatura ao Senado em 2010

O ex-governador Cássio Cunha Lima voltou ao front político, embora esteja decidido primeiramente a se especializar nos Estados Unidos em curso na Columbia, antes de assumir sua candidatura ao Senado, já confirmada. Na primeira entrevista, desde quando da cassação, ele lamentou o processo e falou do futuro: vai advogar após seu retorno dos EUA, não […]

Por

05/04/2009 às 15h17

O ex-governador Cássio Cunha Lima voltou ao front político, embora esteja decidido primeiramente a se especializar nos Estados Unidos em curso na Columbia, antes de assumir sua candidatura ao Senado, já confirmada. Na primeira entrevista, desde quando da cassação, ele lamentou o processo e falou do futuro: vai advogar após seu retorno dos EUA, não assumirá a presidência do PSDB, mas considera o senador Cícero Lucena em condições de disputa e vitoria. Indagado sobre a relação com Ricardo Coutinho, ele disse que tratará dos assuntos de 2010 em 2010, mas não descartou a possibilidade de convivência.

Na entrevista ao programa “Jornal de Verdade”, cordenado pelo jornalista Juarez Amaral, Cássio lamentou um conjunto de fatores existentes em torno do seu processo de cassação, entre eles a celeridade, sob argumento de que o governador José Maranhão tem inúmeros processos desde quando de sua eleição para senador, com o rito se desenrolando há mais tempo do que o seu mas até hoje não consegue ter a mesma velocidade.

O ex-governador observou que, mesmo assim com muitos processos respondendo na Justica, o ex-senador assumiu o governo do Estado.

Viagem a Europa
Noutro momento da entrevista, Cássio explicou que não vai assumir a presidência do PSDB porque vai estudar inglês durante três meses a partir de maio para qualificar o domínio da língua visando fazer Especialização na Universidade da Columbia, cujo convite já recebeu assim como de Haward.

Sobre seu projeto de vida, ele anunciou que comporá escritório de advogacia ao lado Luciano Pires , Jovino Neto e Harrison Targino imediatamente seu retorno dos Estados Unidos. “Será minha fonte de renda”, observou.

O ex-governador anunciou o adiamento de programa de rádio semanal que já havia contatado com diversos empresários de comunicação, condição essa que será retomada após sua volta dos EUA.

2010
No campo político, ele confirmou que será candidato ao Senado. Indagado sobre candidaturas do PSDB e aliados, ele lembrou que o partido tucano tem bons quadros, assim como seu grupo político, e um deles é o senador Cícero Lucena a quem fez elogios.

Também perguntando sobre o relacionamento com a candidatura de Ricardo Coutinho, ele não respondeu diretamente projetando as questões de 2010 para o próximo, mas não descartou como sempre faz Cícero Lucena ao ser indagado sobre esse assunto.

O ex-governador participou de café-da-manha no restaurante Bananal na saída para a cidade de Lagoa Seca onde se encontrou com o prefeito e vice de Esperança e ouviu os parabéns, já que hoje e data de seu aniversário. Em seguida viajou para João Pessoa, onde se encontra com familiares.

WALTER SANTOS do WSCOM Online
Diário do Sertão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires