header top bar

section content

Cavalcanti assume vaga de Maranhão no senado

Roberto Cavalcanti Ribeiro assumiu na tarde da quarta-feira (18) o mandato de senador, pouco depois de ser lida em Plenário a carta de renúncia do senador José Maranhão (PMDB-PB), que assumiu o posto de governador da Paraíba, após a cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral, do mandado do governador Cássio Cunha Lima. A assessoria do gabinete […]

Por

19/02/2009 às 22h04

Roberto Cavalcanti Ribeiro assumiu na tarde da quarta-feira (18) o mandato de senador, pouco depois de ser lida em Plenário a carta de renúncia do senador José Maranhão (PMDB-PB), que assumiu o posto de governador da Paraíba, após a cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral, do mandado do governador Cássio Cunha Lima.

A assessoria do gabinete de Maranhão entregou à Mesa do Senado a documentação do primeiro suplente Roberto Cavalcanti que, por já ter assumido o mandato em 2006, durante licença do titular, não precisou ler novamente o juramento em Plenário.

Cavalcanti comunicou ao Plenário sua filiação ao PRB, desfalcando o PMDB, ao qual é filiado José Maranhão. O PMDB continua sendo o maior partido do Senado, com 22 integrantes. O PRB agora tem dois senadores – o outro é Marcelo Crivella (RJ).

Pernambucano de Recife, o empresário Roberto Cavalcanti Ribeiro estabeleceu-se na Paraíba, onde dirige o Sistema Correio de Comunicação, o qual detém uma emissora de televisão (filiada à Rede Record) e o jornal Correio da Paraíba.

Durante os 120 dias que exerceu o mandato à época das eleições de 2006 (José Maranhão licenciou-se para disputar o governo da Paraíba), Roberto Cavalcanti fez discursos reivindicando da Petrobras investimentos em perfuração na plataforma continental paraibana. Ele defendeu ainda, por várias vezes, melhorias no aeroporto de João Pessoa. Participou, como titular, das Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), de Educação (CE), de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR).

Roberto Cavalcanti cumprirá mandato até o dia 1º de fevereiro de 2011.

Fonte: Agência Estado

Tags:
EMPODERAMENTO

VÍDEO: Associação dos Ciclistas de Cajazeiras promove neste final de semana pedal dedicado às mulheres

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa