header top bar

section content

Cássio reafirma confiança e diz que soberania do voto há de ser respeitada

Faltando poucas horas para ser novamente julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral, o governador Cássio Cunha Lima voltou a afirmar que acredita plenamente na vontade divina e na justiça dos homens, de forma que fique assegurada a vontade do povo paraibano nas urnas. Sem falar diretamente sobre o processo do Caso Fac, Cássio disse que continua […]

Por

16/02/2009 às 15h39

Faltando poucas horas para ser novamente julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral, o governador Cássio Cunha Lima voltou a afirmar que acredita plenamente na vontade divina e na justiça dos homens, de forma que fique assegurada a vontade do povo paraibano nas urnas.

Sem falar diretamente sobre o processo do Caso Fac, Cássio disse que continua “sereno e confiante” na justiça dos homens.

Para Cássio no final de tudo, prevalecerá a "soberana vontade do povo", que deu a ele quatro vitórias seguidas para governador – nos primeiro e segundo turnos de 2002 e 2006.

Também sem querer entrar no mérito da questão, o governador reafirmou que manterá um "respeitoso silêncio" em relação ao processo, enquanto este perdurar no TSE, e que acredita plenamente que, após uma criteriosa avaliação dos atos, os ministros reavaliarão a decisão em relação à sua cassação.

Fonte: ClickPB

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview