header top bar

section content

"Não vou ser secretário" diz Junior

Existe outras formas de colaborar no governo Léo Abreu...

Por

06/11/2008 às 18h09

Ao que tudo indica, ser secretário de governo na gestão do prefeito eleito Léo Abreu não faz parte dos planos do advogado Junior Araújo, que foi uns dos coordenadores da campanha vitoriosa do jovem médico este ano.

Apesar de já ter experiência no cargo, por ter sido secretário no governo Carlos Antonio – a quem ele fez questão de agradecer pela oportunidade e o aprendizado – Junior confirmou esta semana que não pretende assumir nenhuma pasta.

“Já conversei com o prefeito Léo sobre esta questão. Não vou ser secretário no seu governo. Mas existe outras formas de colaborar. E não precisa estar exercendo cargo público para contribuir de alguma forma”.

A recusa para atuar em alguma secretaria do governo Léo parte de interesses profissionais particulares. Segundo ele, esse não é um momento interessante para deixar seu escritório de advocacia e se dedicar à administração pública mais uma vez.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
VÍDEO

Coordenador da Energisa garante melhoria e dá dicas sobre ‘queda’ de raios durante o período de inverno

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”