header top bar

section content

Vereador de Patos pede afastamento de secretários com nomes mencionados por investigação do MP

Ao fazer uso da tribuna, Melquiades destacou que a prefeitura virou palco de escândalos e que tal fato não pode passar despercebido pelo poder legislativo.

Por Luzia de Sousa

23/07/2016 às 09h06 • atualizado em 23/07/2016 às 14h45

Vereador pede afastamento de secretários em Patos

Durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Patos nessa quinta-feira, dia 21, o vereador Jefferson Melquiades (PRB) comentou a investigação do Ministério Público Federal que apura suposto enriquecimento ilícito na realização do São João de Patos.

Ao fazer uso da tribuna, Melquiades destacou que a prefeitura virou palco de escândalos e que tal fato não pode passar despercebido pelo poder legislativo.

“Não podemos deixar de falar desse assunto, ainda mais na abertura dos trabalhos aqui nesta casa. Infelizmente a nossa prefeitura hoje é palco de escândalos pós escândalos. Há cada quinze dias a Polícia Federal baixa na porta da prefeitura para realizar operações que desbaratinam vários esquemas, seja de perseguição, seja de favorecimento, de enriquecimento ilítico, de fraudes. Então tudo isso não pode passar despercebido, principalmente pelo poder legislativo que é o órgão fiscalizador do executivo”, explanou Melquiades.

Jefferson ainda disse que fez um pedido ao líder do governo, vereador Ranieri Ramalho, para falar com a prefeita Francisca Motta no sentido de convencê-la a tomar uma atitude de afastar ou punir os secretários envolvidos.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patosonline.com

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir