header top bar

section content

BOMBA: Deputado da Paraíba revela que Eduardo Cunha tem recibo de ‘propinas’ pagas a deputados paraibanos

Questionado sobre o Partido dos Trabalhadores, ele disse que é necessário fazer uma autocrítica.

Por Luzia de Sousa

17/08/2016 às 07h02

Luiz Couto fala sobre propina a deputados

O deputado federal Luiz Couto (PT) disse na noite desta terça-feira, 16, que se preocupa muito com a postura que tem como parlamentar. Em entrevista ao programa Master News, da TV Master, ele disse que se fortalece com a fé, “sem o contato com as pessoas e com a fé, ou a pessoa se desespera ou entra na corrupção”.

“A perda de princípios por parte dos políticos é que causa os problemas que enfrentamos no Brasil hoje, é preciso recuperar o papel que cada um de nós tem no mundo, há muitas pessoas pensando apenas em dinheiro e que mudam de partido sem quaisquer motivos, o tempo todo”, disse.

Questionado sobre o Partido dos Trabalhadores, ele disse que é necessário fazer uma autocrítica. “Eu coloco que essa situação aconteceu por culpa, também, do nosso partido que foi aprendendo o que era nocivo, o que era corrupto, e eu defendo que quem cometeu esses atos seja punido e retirado do partido; é importante fazer uma revisão, porque o partido foi perdendo muita coisa importante e aprendendo coisas que não são boas”, explicou.

Sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o parlamentar disse que é importante que todos se preparem para o retorno da presidente e planejar o que fazer daqui em diante, “o outro ponto é se preparar para fazer oposição, as pessoas se acostumam a estar no poder e acabam perdendo contatos e o tato de oposição, eu tive uma reunião com alguns colegas do partido e eles acreditam que haverá 28 senadores contra o impeachment”, opinou.

O parlamentar falou também sobre o processo de cassação do ex-presidente da Câmara dos Deputado, Eduardo Cunha, e destacou a chantagem do peemedebista com os parlamentares que ele ajudou a eleger. Para Couto, a votação do dia 17 de abril “mostra claramente quem está com Eduardo Cunha, da Paraíba, apenas eu, o deputado Damião Feliciano e o deputado Wellington Roberto votamos contra o prosseguimento do processo contra a presidente Dilma”.

Ele seguiu dizendo que há deputados de todos os estados, inclusive, da Paraíba. Mesmo sem citar nomes, Luiz Couto afirmou que os deputados que são reféns de Cunha demonstram isso em suas ações no Congresso Nacional.

Luiz Couto falou ainda sobre as eleições municipais de João Pessoa e pontuou que a candidatura própria do Partido dos Trabalhadores tem o caráter principal de defender o partido e suas ideologias, ele acrescentou ainda que, em possível segundo turno, o professor Charliton Machado marchará junto a candidata Cida Ramos (PSB).

Sobre seu futuro político, Couto afirmou que já está completando seu quarto mandato como deputado federal e bateu o martelo que não será candidato novamente ao parlamento federal, enquanto deputado, Ele afirmou que vai analisar a conjuntura política e poderá se colocar a disposição para disputar uma das vagas de senador em 2018.

Créditos: Polêmica Paraíba

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula