header top bar

section content

Projeto de Lira visa reduzir mortes no trânsito e reforça campanha da Semana Nacional de Trânsito

O objetivo da campanha é conscientizar a sociedade e o cidadão sobre a responsabilidade de cada um para garantir a segurança no trânsito.

Por Priscila Belmont

22/09/2016 às 09h09 • atualizado em 22/09/2016 às 10h11

Senador Raimundo Lira (Foto:Marcos Oliveira)

Várias propostas de mudança no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/1997) foram apresentadas nos últimos meses no Senado, com a intenção de aumentar a segurança de condutores e pedestres e reduzir as estatísticas de morte do trânsito.

Reduzir essas estatísticas, que colocam o Brasil entre os campeões de morte de trânsito, é um dos objetivos do Projeto de Lei do Senado nº 708/2015, de autoria do senador Raimundo Lira (PMDB-PB). Relatado pelo senador Jader Barbalho (PMDB-PA), que já emitiu parecer favorável, o Projeto está pronto para a votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

A propositura de Lira reforça a campanha da Semana Nacional de Trânsito, aberta no último domingo (18) e que se estende até o próximo dia 25. O objetivo da campanha, coordenada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), é conscientizar a sociedade e o cidadão sobre a responsabilidade de cada um para garantir a segurança no trânsito. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 40 mil pessoas morrem a cada ano no Brasil em razão de acidentes de trânsito.

O Projeto do senador paraibano altera o Código de Trânsito Brasileiro e propõe o aumento da pena do crime de homicídio culposo, praticado na direção de veículo automotor, com reclusão de quatro a oito anos, além da suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

A punição é imposta ao condutor que estiver sob efeito de álcool ou de outra substância psicoativa, ou praticando rachas. O texto estabelece que o crime é inafiançável. Vários parlamentares já se manifestaram favoráveis à proposta e elogiaram a iniciativa do senador paraibano.

Assessoria de Comunicação

CALDEIRÃO POLÍTICO

Radialista comenta a polêmica união do Prefeito de São João do Rio do Peixe com Ricardo Coutinho. VEJA

CASOS QUASE PERDIDOS

VÍDEO: Médico cajazeirense relata ‘milagres’ na sala de cirurgia que ‘resgataram’ pacientes da morte

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

A divindade de Cristo e do Espirito Santo é bíblica? Programa Evangélico tira dúvidas em relação ao tema

EX-POLICIAL MILITAR

VÍDEO: Antes de virar pastor, ex-policial diz que matava pessoas porque resolveu “tomar o lugar de Deus”