Política
27/09/2016 às 14h48

postado por: Luzia de Sousa

Cidade de Sousa expande feira agroecológica

"Estamos vendendo produtos de qualidade e saúde para a população de Sousa”, destacou o produtor

Sousa expande feira agroecológica

A partir desta quarta-feira (27), a cidade de Sousa, no Sertão paraibano, irá contar com mais uma feira agroecológica. Após o sucesso da feira que já acontece aos domingos, em frente à Praça da Igreja Matriz, agora também será realizada na Praça do Bom Jesus, a partir das 5h da manhã, sempre às quartas, oferecendo produtos livres de agrotóxicos. A expectativa é que os produtores vendam cerca de R$ 9 mil por feira.

A feira dos domingos teve início no mês de abril e conta com quinze famílias vendendo folhas (alface, coentro, couve), legumes (berinjela, tomate cereja, pimentão, couve flor), além de diversas frutas, como graviola, banana, mamão, manga. “O sucesso da feira de domingo fez com que aumentássemos nossas vendas para mais um dia. Estamos com boas expectativas, já que conquistamos muitos clientes. Estamos vendendo produtos de qualidade e saúde para a população de Sousa”, destacou o produtor e um dos participantes da feira, Jossandro Pereira Mota.

O Sebrae em Sousa apóia a agroecologia, desde 2011, orientando os agricultores com técnicas que geram equilíbrio ao meio ambiente. “Além de profissionalizar o agricultor com técnicas de manejo, este trabalho visa criar novos canais de comercialização de seus produtos, ofertando ao mercado consumidor produtos de qualidade, com preços justos, já que é fornecido diretamente pela fonte produtora e livre de agrotóxico”, disse o analista do Sebrae em Sousa e gestor do projeto de Agroecologia, Fabrício Vitorino.

Ele acrescentou que os agricultores aprendem a proteger seus produtos sem o uso de agrotóxicos, o que é um diferencial. “Graças ao cultivo dos produtos agroecológicos, é possível obter uma produção com qualidade e sabor diferenciado”, completou Fabrício Vitorino.

A parceria para a realização do evento é formada pelas comunidades dos Assentamentos Nova Vida I e II, da Associação das Mulheres das Várzeas de Sousa, Distrito de Gravatá e Vieirópolis. Os produtores receberam apoio da prefeitura municipal de Sousa, Sindicato Rural e a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, além do Sebrae.

Assessoria

Deixe seu comentário