header top bar

section content

Analista diz que povo do Sertão da PB tem que agradecer a ex-senador de Sousa pela transposição

Segundo ele, a população também deve agradecer ao ex-senador por ter sido o primeiro 'mentor intelectual' da obra nos anos 60

Por Jocivan Pinheiro

10/03/2017 às 15h48

A quem se devem agradecer pela maior obra hídrica do mundo, a transposição das águas do Rio São Francisco, que deverá amenizar os impactos da seca em todo o Nordeste brasileiro? A Paraíba vive intensamente a expectativa da chegada das águas, que deverá acontecer neste fim de semana, tendo como primeiro destino da transposição a cidade de Monteiro.

Eufórica e envolvida no clima de polarização política do Brasil atual, a população tem usado as redes sociais para defender o ‘pai da criança’, como diz a gíria. É notório que a maioria atribui ao ex-presidente Lula esse sonho realizado, principalmente por ele ter tido a coragem de iniciar tamanha obra. Mas o analista político Chico Cardoso faz uma revelação no Direto do Ponto dessa semana.

Segundo Chico, a população do Sertão paraibano também deve agradecer ao ex-senador da cidade de Sousa, Marcondes Gadelha (PSC), pela iniciativa da transposição, por ter sido ele o primeiro ‘mentor intelectual’ da obra ainda nos anos 60.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO

Coordenador da Energisa garante melhoria e dá dicas sobre ‘queda’ de raios durante o período de inverno

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”