header top bar

section content

Padre conhecido por lutas sociais no Sertão da PB diz que solução para ‘caos’ político são eleições e povo menos alienado; vídeo!

Padre Djacy Brasileiro afirma que a maioria da população ainda vota por interesses econômicos, por isso os políticos ligados a esquemas de corrupção se reelegem

Por Jocivan Pinheiro

17/04/2017 às 15h14 • atualizado em 17/04/2017 às 15h19

Conhecido como um dos líderes religiosos mais engajados em causas sociais no Brasil, sobretudo as que são de interesse do povo nordestino, o padre Djacy Brasileiro, atualmente liderando a Paróquia de Pedra Branca, no Vale do Piancó, Sertão paraibano, acredita que a única solução para o “caos moral” na política brasileira são novas eleições e um povo menos alienado.

Ele afirma e lamenta que a maioria da população ainda vota por interesses econômicos e materiais, por isso os políticos ricos, ligados a esquemas de corrupção com empresas, continuam se reelegendo. O primeiro passo para tirar o país da “lama” seria votar em pessoas que surgiram das classes sociais baixas, a exemplo do ex-presidente Lula, considerado por ele o maior presidente da história do país.

“A grande mudança está em nós. O povo deve se conscientizar e votar em candidatos comprometidos com o próprio povo. Acabar com esse negócio de votar em candidatos da elite, das oligarquias, ligados à classe empresarial, aos ricos. Nós temos que votar em candidatos que saíram da base, do próprio povo. Infelizmente os pobres gostam de votar em ricos.”

Padre Djacy e sua cruz de baldes em Brasília

VEJA TAMBÉM: Padre diz que reforma da Previdência tem que existir, mas de forma ampla, honesta e não agora

O sacerdote paraibano que já foi até Brasília carregando uma cruz feita com baldes a fim de alertar para a necessidade de políticas públicas de combate à seca no Nordeste avalia que o Brasil está “mergulhado no mar da corrupção” e por isso o atual Congresso Nacional não tem credibilidade para realizar reformas.

“O Brasil está mergulhado no mar da corrupção, no mar da miserabilidade em termos de vivência ético-moral. Esse Congresso que aí está é um Congresso moralmente podre e não tem a mínima condição de fazer reformas. Nós estamos vivendo um caos moral na área política.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe