header top bar

section content

Prefeitos pendurados na Justiça na região de Cajazeiras, namoro de Rafael e denúncias de Vituriano contra Antonio estão na Faisqueira do Alto Piranhas

Corre nos bastidores da política, como rastilho de pólvora, que o ex-prefeito de Cajazeiras estaria sendo “flertado” para se aninhar no ninho da situação.

Por

16/01/2016 às 11h38

Faisqueira do Alto Piranhas destaca moídos da semana

Pendurados
Na região do Alto Piranhas tem três prefeitos pendurados aguardando decisão do plenário do Tribunal de Justiça da Paraíba: Aurileide Moura, do município de Poço Zé de Moura, Claudia Dias, de Monte Horebe e Bosco Fernandes da cidade Uiraúna, que inclusive está afastado do cargo e que luta para retornar.

Flerte
Corre nos bastidores da política, como rastilho de pólvora, que o ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael, estaria sendo “flertado” para se aninhar no ninho da situação. O que se sabe é que o ex estaria desgostoso com sua turma dos velhos carnavais, que teria lhe deixado de fora na formação do bloco das eleições deste ano.

Veja mais!

► Para se vingar de ‘amigo’, Carlos Rafael poderá se unir a Carlos Antonio em Cajazeiras; Aliança já tem nome e é chamada de “Ninho dos CaCa”

 Carlos Rafael quebra silêncio, fala da ausência na convenção e chama vice de Cajazeiras de traidor

Vereadores poderão ganhar 12 mil reais
Não se espante, mas as conversas que se tem mais ouvido, incluindo a região da Asa do Cabaré e no Babado Novo, é que os vereadores de Cajazeiras estariam se articulando para definir quanto ganharão na próxima legislatura.

Vereadores poderão ganhar 12 mil reais 2
 Começa a existir um burburinho que a exemplo do que ocorreu em algumas cidades do Brasil, o povão tá querendo “invadir” o plenário da Câmara e barrar este aumento no dia de sua votação, fato que para muitos um salário de 12 mil reais para um vereador de Cajazeiras é no mínimo imoral. 
 
Vereadores poderão ganhar 12 mil reais 3
Este escandaloso aumento estaria sendo “gestado” nos gabinetes da câmara em função do município de Cajazeiras ter saltado do coeficiente 2,3 para 2,4 e conseqüentemente ganha um aumento relativamente bom do FPM, que provavelmente deverá ser em torno de 200 mil reais por mês. Os vereadores já estão contando com o ovo no “feofó” da galinha.

Aposta
As oposições de Cajazeiras, segundo se comenta, estariam apostando todas as suas fichas na Operação Andaime, que seria o mote de seus discursos durante a campanha para prefeito da cidade. Acreditam ainda que até o próximo mês de Outubro a justiça já terá concluído o processo e contam com certeza que setores da prefeitura de Cajazeiras têm envolvimento no caso.

Vituriano tem provas?
Diz o velho ditado: acusar é uma coisa, provar é outra completamente diferente. O ex-deputado Vituriano de Abreu postou em uma rede social, no último dia 13, que as pessoas que estão no poder, em Cajazeiras, “estão desviando milhões de dinheiro público para todo o tipo de coisa” e acrescentou ainda: “parte deles vão para cobrir buracos que Carlos Antonio paga todos os meses”. Esta declaração é de uma gravidade enorme que precisa de documentos e provas.

Vituriano tem provas? 2
Vituriano postou ainda que “vamos pedir compreensão aos donos de rádios, deixem o povo saber dos maus feitos deste grupo” e ainda: “se as rádios divulgassem todos os dias, se permitissem o povo interagir com certeza eles já teriam caído, contudo, os locutores na grande maioria balança demais para deixar os desviadores no lugar que estão”.

Vituriano tem provas? 3
Fica a pergunta: qual seria a emissora de rádio que iria colocar no ar acusações desta gravidade sem ter documentos e provas nas mãos? Qual o cidadão honrado e de bem que iria “interagir” com o público ouvinte desta ou daquela emissora e debater este tema? Em conversas de mesa de bar, tem pessoas que acham que o ex-deputado, perdeu a oportunidade de ficar calado e que se for parar nas barras dos tribunais não vai poder provar nada do que disse.

José Aldemir, um setentão arejado
O deputado estadual José Aldemir Meireles foi alvo de muitas homenagens pela passagem de seu aniversário natalício, no último dia 13 de janeiro, ao completar setenta anos de vida, parte dedicada ao oficio da medicina e à vida pública como deputado federal e estadual. Sempre leal aos seus princípios e nunca teve medo de ser oposição.

José Aldemir, um setentão arejado 2
Nos dias atuais ser eleito deputado sem ser rico é uma raridade e José Aldemir tem conseguido esta façanha, tendo como crédito uma quantidade de serviços prestados à população incontável. Amigo intransigente de seus amigos e os defende com ferro e fogo e os adversários são tratados com linguagem contundente. 

Falta de idoneidade e honestidade
Tem diretor de emissora de rádio reclamando que uma agência credenciada pelo governo do estado, está recebendo o dinheiro e não está repassando para os veículos. Tanto faz reclamar ao bispo ou ao governo que ela não dá ouvidos. Tem gente pensando entrar na justiça, já que a mesma é useira e “vezeira” nesta prática.

Do Gazeta do Alto Piranhas
 

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares