header top bar

section content

Apenas 8,37% dos eleitores fizeram cadastramento biométrico na cidade de Sousa. Confira o vídeo aqui

O TRE-PB faz uma advertência às pessoas que deixarem para última hora a realização do cadastramento biométrico

Por

21/10/2015 às 18h00

Existe uma preocupação do TRE-PB (Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba) em relação ao número de eleitores que procuraram realizar o cadastramento biométrico. Nas cidades de Sousa, São José da Lagoa Tapada e Aparecida os eleitores podem fazer o cadastro nos respectivos municípios. Em Sousa o trabalho está sendo efetuado na Secretaria de Educação. Na 35º Zona Eleitoral há uma preocupação, apenas 8,37% do eleitorado fez o cadastramento.

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão entrevistou nesta quinta-feira (21) o Juiz eleitoral Bernardo Antônio, ele afirmou que o eleitor deve ficar atento com a data de encerramento do cadastro biométrico, e destacou também o atendimento está sendo feito na secretaria de educação do município.

“Estamos com 13 equipamentos operando no atendimento ao eleitorado. E atualmente em Sousa, mais de 8,37% pessoas já realizaram o registro biométrico, e nosso objetivo é fazer o cadastro de todos aqueles que venham buscar o cadastro”, disse.

O TRE-PB faz uma advertência às pessoas que deixarem para última hora a realização do cadastramento biométrico.  Quem não fizer no prazo correto até 18 de março de 2017, se for servidor público ficará sem receber vencimentos, impedido de obter empréstimo em instituição financeira pública e impossibilitado de participar de concurso público, além de outras limitações.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo