header top bar

section content

Prefeitura de CZ sofre nova condenação e pagará contas deixadas por Dr. Carlos. Ouça

Abraham Lincoln determinou que o pagamento seja realizado através de RPV (Requisição de Pequeno Valor), no prazo máximo de 60 dias.

Por

02/07/2015 às 18h00

Prefeitura de Cajazeiras sofre mais uma condenação

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), através do Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, negou o pedido do município em suspender a decisão da juíza da 4ª vara, Comarca de Cajazeiras, que determinou o imediato pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos do mês de novembro de 2008, deixados pelo ex-prefeito Carlos Antonio (DEM).

A ação foi movida contra a gestão da prefeita Denise Albuquerque (PSB) pelo SINFUMC (Sindicato dos Servidores do Município) e ganhou na primeira instância em Cajazeiras, sendo acompanhada pelo TJPB. A decisão contempla apenas os sindicalizados.

Abraham Lincoln determinou que o pagamento seja realizado através de RPV (Requisição de Pequeno Valor), no prazo máximo de 60 dias.

A decisão já foi comunicada a Comarca local e segundo a decisão do TJPB, caso a prefeitura não efetue os pagamentos as contas poderão sofrer seqüestro de verbas.

Ele afastou a possibilidade de pagamento através de precatórios, pois o valor individual de cada servidor não ultrapassa R$ 4 mil, podendo assim, ser pago por RPV.

Leia também: 

►Tribunal de Justiça condena gestão da prefeita Denise a pagar salários atrasados deixados por seu esposo

No mês de março, a gestão sofreu condenação semelhante, quando a Desembargadora Maria das Graças Morais Guedes negou o pedido do município em suspender a decisão da juíza da 4ª vara, Comarca de Cajazeiras, e determinou o imediato pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos do mês de dezembro de 2008.

Advogado
O advogado do Sinfumc, João de Deus Quirino Filho explicou como se chegou a decisão do Tribunal de Justiça.

Ele lamentou que a prefeitura tente ainda retardar o direito dos servidores, que não receberam seus salários desde o ano de 2008.

Política
João de Deus confirmou convite da oposição para sair candidato a prefeito de Cajazeiras em 2016, mas disse não aceitar, pois seu projeto é de continuar na sua função de advogado, presidente da OAB e professor universitário. “Seria uma honra governar esta cidade, mas não faz parte dos meus planos”.

Ele confidenciou que pretende disputar a reeleição da OAB em Cajazeiras e continuar ajudando sua classe em Cajazeiras e região.

Ouça áudio da Rádio Arapuan de Cajazeiras!

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan