header top bar

section content

Casa cheia e emoção marcam a abertura da temporada 2014 da Orquestra Jovem

A música erudita de jovens artistas foi ouvida na Igreja Presbiteriana de João Pessoa na abertura da temporada 2014 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB), na noite dessa quinta-feira (8). Com o Cine Bangüê passando por grande reforma, sendo transformado em sala de concertos, os mais de 60 componentes da OSJPB foram recebidos pela […]

Por

09/05/2014 às 15h36

A música erudita de jovens artistas foi ouvida na Igreja Presbiteriana de João Pessoa na abertura da temporada 2014 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB), na noite dessa quinta-feira (8). Com o Cine Bangüê passando por grande reforma, sendo transformado em sala de concertos, os mais de 60 componentes da OSJPB foram recebidos pela comunidade evangélica e o público numa apresentação emocionante e com casa cheia. Cerca de 500 pessoas assistiram ao espetáculo erudito promovido pelo Governo do Estado.

Essa foi a terceira apresentação do grupo na Presbiteriana. A parceria é festejada pelo pastor Fernando Brito, líder da igreja. “Para nós é motivo de muita alegria poder contribuir com a divulgação da musica clássica da Paraíba e poder reconhecer o seu valor. Além disso, os fiéis adoram os concertos”. O religioso ainda destacou a importância da música na história cristã: “A música também está ligada à religião, principalmente a clássica. A Bíblia registra a existência da música desde a criação do mundo. No livro de Jô e Gêneses, por exemplo, há menções”.

Além da Presbiteriana, nas últimas temporadas os grupos da Orquestra Sinfônica já se apresentaram no Mosteiro de São Bento, Complexo Cultural São Francisco, ambos em João Pessoa, além de igrejas em Patos, Pombal e outras cidades.

O início dos concertos oficiais foi comemorado pela diretora da OSPB, Erlaine Souza: “Apesar de estarmos com nossa sala de apresentação em reforma, as dificuldades não foram motivo para perdermos a autoestima e com o trabalho de toda nossa equipe, produtores e músicos, conseguimos realizar o primeiro concerto, e faremos outros, para alegria do público”, festeja a diretora.

Erlaine também destacou a qualidade do conjunto dos estudantes da OSJPB: “Estamos muito satisfeitos porque as audições deste ano mantiveram um nível técnico e artístico alto. Os estudantes que estão na OSJPB são muito dedicados e estamos cumprindo bem o objetivo da Jovem que é e estimular o estudo da música clássica”.

Regidos pelo maestro Luiz Carlos Durier, que contagiou os músicos e o público com o seu entusiasmo, a Jovem apresentou um repertório diversificado. O público pode apreciar a execução de três obras nunca tocadas oficialmente na Paraíba. “Abertura Brasil 2012”, de Dimitri Cervo; “Introdução, Tema e Variações, Op. 102 para Oboé e Orquestra”, de autoria de J. N. Hummel; e “Danças Norueguesas”, de Edward Grieg.

O oboísta Alisson Azevedo foi responsável pelo solo do espetáculo, na peça de Dimitri Cervo. Um dos pontos altos do espetáculo, a participação do músico foi bastante aclamada pela plateia do espetáculo.

A primeira apresentação da temporada trouxe uma novidade, foi transmitida ao vivo pela Rádio Tabajara AM e FM. “Estamos felizes em inaugurar a temporada 2014 na companhia de excelentes músicos e, consequentemente, dos nossos ouvintes de toda a Paraíba, através da Rádio Tabajara, com transmissão ao vivo, compartilhando as emoções de um grupo musical paraibano, nordestino e brasileiro”, disse o maestro da OSJPB, Luiz Carlos Durier.

Da secom

ENTREVISTA BOMBÁSTICA

VÍDEO: Declarações polêmicas e provocações marcam o programa Xeque-Mate com o ex-prefeito Carlos Antônio

VÍDEO

Ex-aliado diz que prefeito de Cajazeiras forma “organização criminosa” e aponta gordas gratificações

DIÁRIO ESPORTIVO

Confira o resumo da rodada no programa Diário Esportivo com Luiz Júnior

XEQUE MATE

VÍDEO: Carlos Antonio declara pela 1ª vez publicamente apoio a Júnior Araújo; “é cancela fechada”