header top bar

section content

Sousa ganha com R$ 2,5 milhões para moradias e Cajazeiras perde R$ 3,5 milhões para o Açude Grande

As informações foram prestadas nesta sexta pelo Ministro das Cidades, o paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP). Ouça o áudio aqui!

Por

07/02/2014 às 20h02

Ministro fala de investimentos no Sertão

Em cadeia de rádio e tv para todo o Brasil, o radialista Petson Santos indagou nesta sexta-feira (07), o Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP) sobre os investimentos para as cidades de Sousa e Cajazeiras.

Sobre as melhorias do Açude de Engenheiro Ávidos (Boqueirão), para receber as águas da transposição do Rio São Francisco, o ministro informou que a obra está dentro plano de recursos hídricos da própria transposição.

Açude Grande
O Ministro disse que assegurou investimentos de R$ 3,5 milhões para revitalização do Açude Grande, mas não foi possível disponibilizar os recursos porque a prefeitura de Cajazeiras ainda está inserida no Cadastro Único de Convênios (Cauc), e não pode receber recursos do Governo.

“É uma pena que houve dificuldades da prefeitura com relação ao Cauc e outros problemas registrados. Garantimos os recursos, mas não foi possível avançar. A culpa não é nossa, nem da prefeita, que herdou isso de outra gestão”. Lamentou

Sousa
Aguinaldo revelou que destinou para a cidade de Sousa 2,5 milhões, para investir no projeto “Minha Casa Minha vida”

O que é?
O CAUC é uma espécie do Serasa do serviço público. Com o nome negativado nesse serviço, o município não consegue liberar qualquer tipo de recurso federal.

Ouça áudio!

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’