header top bar

section content

População da zona norte cobra reinício das obras do esgotamento sanitário na cidade de Cajazeiras. Veja!

A primeira empresa foi dispensada pelo governo em decorrência da lentidão das obras e a segunda foi embora alegando que o solo tinha muita pedra.

Por

09/12/2013 às 01h35

A população da Zona Norte de Cajazeiras cobra do Governo do Estado, a retomada do esgotamento sanitário. A obra foi iniciada em 2009, no governo de José Maranhão (PMDB), com recursos de 12 milhões do PAC; paralisada e retomada no governo de Ricardo Coutinho (PSB), que assinou a Ordem de Serviço, em Agosto de 2012 e novamente paralisada. 

A primeira empresa foi dispensada pelo atual governo em decorrência da lentidão das obras e a segunda foi embora alegando que o solo tinha muita pedra. A pergunta que a população está fazendo nos meios de comunicação, inclusive nas redes sociais, é: "no projeto não tinha análise de solo?".

 Uma nova empresa precisa ser escolhida o mais rápido possível. Cajazeiras não pode perder esse grande investimento que repercutirá na saúde da população e no meio ambiente. A obra devia ter sido concluída em 2010.

José Ronildo especial para DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
RELIGIÃO

VÍDEO: Padre da região de Patos fala sobre promessa de cura e restauração em missas: “Quem cura é Jesus”

NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas