header top bar

section content

População denuncia 3 meses de salários atrasados em prefeitura da região de Sousa

O popular disse que o prefeito inchou a folha com pessoal contratado e comissionado, e por isso não consegue pagar aos efetivos e aposentados.

Por

07/12/2013 às 11h11

A população da cidade de Nazarezinho denunciou nesta sexta-feira (06), três meses de salários atrasados no município. Segundo informações do popular Vilmar Silva, conhecido por “Painho”, o prefeito Salvan Mendes (PSB) não paga aos servidores desde o mês de novembro.

“São três folhas de pagamento em atraso. Novembro, dezembro e o 13º. E se ele pagar o mês de dezembro não paga o 13º” Declarou o popular.

O popular disse que o prefeito inchou a folha com pessoal contratado e comissionado, e por isso não está conseguindo pagar aos efetivos e aposentados.

Ele informou também, que o repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), desse dia 10 será bloqueado para compra de medicamentos que o prefeito vem negando à população.

“O Promotor mandou bloquear os recursos para garantir a compra de medicamento de uma idosa”. Disse Painho.

O outro lado
Procurado pela reportagem do Diário do Sertão, o prefeito explicou que os salários estão em dia, apenas os professores não receberam, pois estão consumindo 79% recursos do FUNDEB  (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). “Vamos pagar aos professores nos próximos dias”.

Perguntado sobre o pagamento do 13º salário, Salvan afirmou que vai pagar a todos os funcionários até o dia 15 de dezembro.

DIÁRIO DO SERTÃO

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!

TEM POTENCIAL

VÍDEO: Atleta cajazeirense pede ajuda pra realizar sonho de correr a São Silvestre; veja como patrocinar