header top bar

section content

Após decisão do TRE, juíza reliza diplomação dos vereadores de São José de Piranhas e do prefeito de Carrapateira

O prefeito eleito de São José de Piranhas foi barrado de ser diplomado após decisão do TRE pouco antes da solenidade.

Por

18/12/2012 às 11h18

Prefeito de Carrapateira é diplomado

A juíza da 40ª Zona Eleitoral da comarca de São José de Piranhas, Rossini Amorim, diplomou na noite desta segunda-feira (17), o prefeito eleito do município de Carrapateira, André Pedrosa Alves (PTB) e seu vice, Danilio Batista (PDT).

Na mesma solenidade também foram diplomados os vereadores eleitos no ultimo dia 07 de outubro das cidades de Carrapateira e de São José de Piranhas.

O prefeito eleito de São José de Piranhas, Domingos Neto (PMDB) e seu vice, Marquinhos Campos (PT) aguardam decisão do Tribunal Regional Eleitoral para seja ou não diplomados, já que na tarde desta segunda-feira o TRE, através de liminar assinada pelo juiz Silvio Pelico Porto Filho barrou a diplomação de ambos.

Carrapateira

Em conversa com a reportagem do Diário do Sertão, o prefeito diplomado, André Molenga disse que sua posse está marcada para o dia 31 deste mês e que acontecerá uma grande festa para todos os munícipes. “Estamos preparando uma grande festa, vamos fazer nossa posse na virada do ano”, disse.

Sobre o secretariado, André afirmou que está fechando os últimos detalhes e em breve anunciará sua equipe de governo.

A TV Diário do Sertão transmitiu AO VIVO o evento, e nesta terça-feira (18), estará gerando em tempo real a diplomação das cidades de Cajazeiras, Sousa e Marizópolis.

DIÁRIO DO SERTÃO

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores