header top bar

section content

Líder do prefeito de Sousa admite comodismo e sugere mudanças no secretariado e em cargos de direção. Ouça

O parlamentar sousense também admitiu que algumas ações na atual gestão não funcionam como deveriam funcionar.

Por

08/12/2011 às 16h26

Em declarações prestadas ao site Paraíba Educa, o vereador Aldeone Abrantes (PTB) cortou na própria carne ao fazer críticas em relação a algumas atitudes tomadas por determinados detentores de cargos de confiança na Prefeitura de Sousa.

O também líder do governo municipal ainda propôs que o prefeito Fábio Tyrone (PTB) realize reformas no secretariado e nos cargos de direção para evitar o comodismo que está ocorrendo em alguns setores da administração.

Sem citar nomes, o vereador aproveitou para mandar um recado. “quem for candidato tem que ser candidato e não pode estar usando de cargos estratégicos e projetos importantes para carreamento político porque é contra a lei eleitoral”. Disse.

Aldeone Abrantes também admitiu que algumas ações na atual gestão não funcionam como deveriam funcionar. E acrescentou: “E o prefeito sabe disso e por isso tem que tomar atitudes”.

Desentendimento
Recentemente o vereador teve um desentendimento com o colega de bancada e presidente da Câmara de Sousa, Cacá Gadelha durante a votação do orçamento de 2012.

Na ocasião, Aldeone foi proibido por Cacá de defender na tribuna um parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Com o impedimento, Abrantes afirmou que o colega não tinha competência para presidir o Poder Legislativo sousense. Cacá reagiu rápido ao afirmar que renunciaria ao cargo se tivesse cometido erro no seu posicionamento.

Ouça o áudio!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula