header top bar

section content

Prefeito Fábio Tyrone tem mais uma vitória na justiça e decisão frusta Deputado Sousense

A decisão do TRE foi unânime em manter o prefeito de Sousa no cargo e negar ação do deputado André Gadelha.

Por

08/11/2011 às 19h18

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE) julgou, na tarde desta terça-feira (08) e negou ação que pedia a cassação do mandato do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PTB), alegando compra de voto e abuso de poder econômico e político, nas eleições de 2008.

As acusações apontavam distribuição de bens, camisas e dinheiro em troca de votos, além da realização de exames oftalmológicos e distribuição de óculos. O relator do processo foi o juiz Newton Vita e a votação saiu de 4X0 em favor do gestor sousense.

A ação foi ajuizada pelo segundo colocado no pleito, o atual deputado estadual André Gadelha (PMDB). Os gadelhistas já contavam com a vitória no TRE e programavam grande festa com carreata e banda de música em praça pública, mas foram frustrados pela decisão do tribunal que manteve Tyrone no cargo.

Um advogado da cidade de Sousa, que não quis revelar sua identidade, prometeu rasgar seu diploma, caso a decisão do TRE fosse contrária ao deputado peemedebista.

De acordo com informações de testemunhas, o operador do direito dizia apostar na condenação do prefeito e na ascensão do deputado André Gadelha (PMDB), para assumir o cargo.

Vitória
Tyrone comemorou a vitória no tribunal paraibano e disse que estava muito confiante, pois quem não deve não teme. "Essa decisão veio consolidar a nossa tranquilidade e certeza que a justiça da Paraíba é honrada e séria". Frisou o prefeito.

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como