header top bar

section content

Padre de Cajazeiras condena uso de símbolos religiosos em Parada Gay e incita fieis: “É um desrespeito”. Vídeo!

O padre disse ainda que, os fieis não podem permitir que símbolos religiosos sejam maculados e alertou para que fatos como esse, não voltem a acontecer

Por

15/06/2015 às 17h43

O Vigário Geral da Diocese de Cajazeiras, padre Agripino Ferreira lamentou esta semana o episódio ocorrido na Parada Gay em São Paulo. De acordo com o religioso, os símbolos cultuados por todos os cristãos foram desrespeitados na manifestação pela diversidade sexual.

“Lamentamos que isso tenha ocorrido no Brasil. Respeitamos as pessoas e suas posições, mas, gostaríamos de ser respeitados também”, disse ele.

Veja também: 

Transexual que apelou sendo 'crucificada' relata ameaças em rede social

Léo Moura fica indignado com imagem em Parada Gay: "Já passou dos limites"

Olha só essa: Bíblia Gay será lançada no Brasil. Dê sua opinião!

Psicólogo conta que sofreu preconceito, fala sobre suicídios de jovens e Parada Gay

Padre de Cajazeiras fala sobre beijo gay em novela e diz que sociedade precisa conviver melhor com diferenças

O padre disse ainda que, os fieis não podem permitir que símbolos religiosos sejam maculados e alertou para que fatos como esse, não voltem a acontecer. “Algo que mexeu com todos os cristãos deve servir de reflexão para fortalecimento da nossa fé”, disse ele.

DIÁRIO DO SERTÃO 

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires