header top bar

section content

Superação: Agricultor que perdeu plantação de coco por causa da seca recomeça a vida na roça plantando maracujá. Veja a reportagem!

Ele possuía uma plantação de coco, mas com a seca, perdeu tudo e agora está investindo na plantação do Maracujá. Confira!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

24/02/2016 às 14h07 • atualizado em 25/02/2016 às 12h15

O prejuízo na plantação de coqueiros do perímetro irrigado de Sousa, no Alto Sertão, pode é de quase 100%, por causa da seca que atingiu a região no ano de 2015. Milhares de plantações foram dizimadas, e muitos agricultores estão sem renda.

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, visitou nesta quarta-feira (24) o lote do agricultor Espedito Rodrigues do Nascimento, ele tem 67 anos, e possuía uma plantação de coco no Núcleo Habitacional II, mas com a seca, perdeu tudo e agora está investindo na plantação do Maracujá.

Agricultor perde tudo e recomeça cultivando o maracujá (foto: Charley Garrido)

Agricultor perde tudo e recomeça cultivando o maracujá (foto: Charley Garrido)

“A esperança é a ultima que morre, antes a produção era de 40 mil cocos por mês, mas perdi todas as plantações por causa da seca, e agora estou investindo na plantação do maracujá, para conseguir renda. O apelo que eu faço é que agilizem as obras da transposição do Rio São Francisco, para que chegue água para nós agricultores”, disse Espedido Rodrigues.

O técnico da Emater, José Marques, mostrou como está sendo feita a cultura do maracujá, que deve trazer boa renda para os agricultores que tiveram prejuízos por conta da seca que atingiu a região do perímetro irrigado de São Gonçalo.

Plantação de Maracujá na fazenda do agricultor (foto: Charley Garrido)

Plantação de Maracujá na fazenda do agricultor (foto: Charley Garrido)

“A questão do fim do coco, fim da banana por conta da seca, por conta da questão hídrica causou problemas sérios para os colonos, porém a cultura do maracujá é uma alternativa para os agricultores buscarem renda .

O coordenador Regional da Emater de Sousa, Francisco De Assis, também esteve presente acompanhando e orientando o agricultor sobre as técnicas na produção de maracujá. A Emater auxilia a capacitar os produtores e ajuda a elaborar os projetos para a obtenção de crédito rural.
DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan