header top bar

section content

CRM manda hospital de Sousa proibir imediatamente ausência de plantonista e dá prazo de 30 dias para corrigir 22 ‘falhas’; Diretora tranquiliza população

Segundo Apoliana, ela e sua equipe já elaboraram um plano de trabalho para colocar em prática todas as recomendações o prazo.

Por Luzia de Sousa

21/03/2017 às 10h36 • atualizado em 21/03/2017 às 19h24

Apoliana Ferreira, diretora do HRS (Foto: Diário do Sertão)

A diretora do Hospital Regional de Sousa, Apoliana Ferreira, em participação na imprensa local nesta terça-feira (21), explicou que o Conselho Regional de Medicina (CRM) da Paraíba fez recomendações para que a unidade ‘corrija’ falhas que vem ocorrendo.

A diretora disse que o CRM fez um relatório com pontos que precisam ser ‘revistos’ para uma melhor assistência do hospital.

Segundo Apoliana, ela e sua equipe já elaboraram um plano de trabalho para colocar em prática todas as recomendações dentro do prazo.

“São recomendações que temos interesse em adequar ao serviço. Mas o hospital continua em seu pleno atendimento sem perda e sem danos a saúde”, tranquilizou a diretora.

Ouça áudio da Líder FM de Sousa!


Recomendações:

DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras