header top bar

section content

Após reunião com gestão municipal, greve da saúde continua em São João do Rio do Peixe; Movimento da categoria já dura 50 dias. ENTENDA

A greve geral foi deflagrada no dia 3 de maio após uma assembleia geral com a categoria, que reivindica a elaboração do planode cargos, carreira e remuneração da saúde.

Por Luzia de Sousa

22/06/2017 às 16h31 • atualizado em 22/06/2017 às 17h41

Greve da saúde continua em São João do Rio do Peixe

Há 50 dias de greve da saúde, sindicato e gestão municipal não ch3egaram a consenso e movimento continua no município. A informação foi confirmada a redação do Diário do Sertão por pela presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais de São João do Rio do Peixe, Patrícia Macário, na noite dessa quarta-feira (21).

+ Após assembleia geral, sindicato dos servidores de São João do Rio do Peixe deflagra greve por tempo indeterminado na saúde

O comissão de greve divulgou uma nota explicando que não houve acordo com a prefeitura após reunião realizada nessa quarta, pois a proposta seria de reajustar os salários e implantar gratificações, mas para o sindicato não o acordo seria somente a implantação do plano de municipal de cargos, carreira e remuneração da saúde.

A greve geral foi deflagrada no dia 3 de maio após uma assembleia geral com a categoria, que reivindica a elaboração do plano municipal de cargos, carreira e remuneração da saúde.

NOTA OFICIAL
Na ultima reunião ocorrida no dia 12 de junho de 2017 entre Comissão de Greve e Comissão da Prefeitura, o SINFUMSPE apresentou uma planilha detalhada e um levantamento minucioso sobre funcionários e quanto irá impactar nos cofres públicos de imediato e uma previsão para daqui a 2 anos sendo o Plano aprovado e implantado conforme proposta do Sindicato. Em números hoje a saúde dispõe de 158 funcionários trabalhando em diversos setores como também com diferentes níveis de escolaridade.

Hoje de acordo com os editais no qual cada servidor público passou nos concursos ( 1997, 2009, 2013) a folha de pagamento dos servidores efetivos municipais da saúde deveria girar em média de R$ 220.000,00, porém com base em dados fornecidos pelo próprio município ela está em torno de R$ 274.355,57 , já o levantamento feito pelo SINFUMSPE e com salários unificados para cada nível a folha ficaria em média R$ 260.000,00, ou seja com a implantação do Plano de Cargos e Carreiras da Saúde a título de hoje a folha de pagamento iria diminuir e não aumentar. Podendo então o gestor investir o restante em como melhor se adaptar as necessidades do município.

O sindicato não aceita reajuste salarial sem Plano para que futuramente não ocorra o que está acontecendo hoje em dia, como por exemplo, muitos deles com salários congelados há quase 8 anos. O SINFUMSPE não aceita gratificações que por hora acrescentaria no salário do servidor, pois não são garantias de uma aposentadoria melhor no futuro. O SINFUMSPE dispõe de toda uma equipe que luta em Brasília por melhorias de recursos para ser investidos na saúde como também melhorias nos salários e Leis que possibilitam a implantação de Direitos não implantados, como por exemplo, os companheiros da CONFETAM e da Central Única dos Trabalhadores que incansavelmente briga por melhorias de recursos, Leis e de salários para os ACE’S E ACS de nosso município.

A proposta foi apresentada a comissão da prefeitura municipal, como também ao procurador jurídico do município que garantiu que ainda nessa semana iria apresentar uma proposta vinda da administração municipal. O SINFUMSPE sempre esteve e estará aberto ao diálogo com a gestão municipal, priorizando sempre o cumprimento dos direitos e deveres dos servidores públicos municipais, garantimos ainda a sociedade que os serviços essenciais a população vem sendo mantido e que aguardamos novas reuniões para que o problema seja solucionado o mais breve possível. Agradecemos a compreensão de todos!

A Comissão de Greve dos Servidores Efetivos Municipais da Saúde de São João do Rio do Peixe.

DIÁRIO DO SERTÃO

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda