header top bar

section content

Agente penitenciário e mais quatro pessoas são presas no Sertão suspeitas de ataques a banco na Paraíba

O agente penitenciário detido trabalha na Penitenciária Padrão Regional de Campina Grande.

Por Luzia de Sousa

22/09/2016 às 10h05

Policiais apreenderam armas, coletes à prova de balas e radiocomunicadores (Foto: Reprodução/TV Paraíba)

Cinco homens, entre eles um agente penitenciário, foram presos em Patos, no Sertão paraibano, suspeitos de participarem de ataques a banco. As prisões aconteceram no final da tarde da quarta-feira (22) após uma troca de tiros entre policiais e o grupo, que já estava sendo investigado pela Polícia Federal.

Segundo o delegado Gaudêncio Neto, foi montado um cerco na cidade. As investigações apontavam que o grupo iria para o estado do Ceará praticar um ataque a banco. Houve tiroteio, cinco homens foram presos e dois conseguiram fugir em um carro.

O agente penitenciário detido trabalha na Penitenciária Padrão Regional de Campina Grande. Com o grupo, a polícia apreendeu quatro carros, dois coletes à prova de balas, seis radiocomunicadores, três armas e munição. Todo o material e os presos foram levados para a Delegacia da Polícia Federal em Patos.

G1PB

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na TV, recebe Guilherme Costa & Pegada do Chefe; Confira!

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”