header top bar

section content

Chuva faz açude voltar a sangrar após 8 anos, mas também causa transtornos no Sertão

Recentemente, um açude situado na região voltou a sangrar, após oito anos de sucessivas reduções no volume.

Por Luzia de Sousa

19/03/2017 às 07h25

Comunidade em Santa Gertrudes enfrenta transtornos (Reprodução/TV Correio)

Agricultores de algumas cidades do Sertão da Paraíba tiveram as esperanças renovadas por causa das chuvas que ocorreram nos últimos dias no Sertão. No entanto, por causa de problemas estruturais, a chegada das águas tem provocado transtornos em uma comunidade no distrito Santa Gertrudes, próximo ao município de Patos.

Recentemente, um açude situado na região voltou a sangrar, após oito anos de sucessivas reduções no volume. O problema é que cerca de 60 famílias moram perto do açude e, quando o nível do reservatório aumenta, metade delas fica ilhada. A alternativa é atravessar as águas utilizando canoas, mas nem sempre a estratégia é viável. “Fica muito difícil”, relata o trabalhador rural José Alves.

A Defesa Civil de Patos esteve no local para avaliar a situação. De acordo com o coordenador, Otaviano Ferreira, o Corpo de Bombeiros já está alerta para possíveis ocorrências. “Se alguém precisar de socorro ou até mesmo entrega de mantimentos os bombeiros estarão de prontidão”, garante.

Os alagamentos também prejudicam a outra metade da comunidade. Mesmo sem ficarem ilhados, os moradores precisam fazer um percurso muito maior se precisarem ir até a cidade de Patos. “Quem tem meio de transporte, beleza, mas quem não tem acaba enfrentando as águas”, diz a moradora Maria Aparecida.

O secretário da Infraestrutura de Patos, Antônio Carlos Lito, disse que equipes vão vistoriar a área para elaborar um projeto que solucione os transtornos enfrentados pela comunidade.

Portal Correio

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview