header top bar

section content

Vital diz que visita de Dilma a obras de Transposição mostra compromisso em ajudar nordestino com seca

Para ele, a transposição do Rio São Francisco já é uma realidade. A obra segundo Vital, é crucial para alavancar o desenvolvimento da região. Veja

Por

13/05/2014 às 15h40

Dilma e Vital visitando obras da transposição em SãoJosé de Piranhas

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), visitou nesta terça-feira (13) ao lado da presidente Dilma Roussseff (PT), as obras de transposição do Rio São Francisco, no trecho de Piranhas, na Paraíba. Vital integrou a comitiva presidencial a convite da própria presidente petista.

Ao chegar no canteiro de obras, o senador garantiu que a transposição vai garantir a segurança hídrica necessária para o semiárido nordestino, contribuindo assim, para ajudar o homem do campo a conviver com a seca. O acesso  a água segundo o senador, é fundamental para o Nordeste que já enfrentou períodos de longa estiagem. Para ele, a transposição do Rio São Francisco já é uma realidade. A obra segundo Vital, é crucial para alavancar o desenvolvimento da região.

Vital que preside a Comissão Externa de Acompanhamento das Obras de Transposição de Águas do Rio São Francisco, revelou que a obra avançou nos últimos meses, e que a presença de Dilma Rousseff  na Paraíba, só reafirma o compromisso da presidente em ajudar o nordestino a conviver com a seca. Ele lembrou que o governo federal realizou uma série de obras para amenizar o drama da seca, sendo que a transposição será a obra do século que irá mudar de vez, a face rural do nordeste.  “Esse túnel inaugurado hoje e o outro que deverá ser inaugurado em dezembro, são marcas indeléveis desse governo” comentou.

Vital do Rêgo lembrou que apesar de complexa, a transposição vai beneficiar 12 milhões de pessoas, distribuídos na Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Ceará. “A Paraíba vai ganhar muito com essa obra” comentou.

O senador peemedebista também destacou o empenho pessoal da presidente da República, Dilma Rousseff, no sentido de viabilizar a conclusão imediata do projeto de transposição. Para Vital do Rêgo, a conclusão da obra é perfeitamente possível e necessária, e a presença de Dilma Rousseff, na região Nordeste,  demonstra o compromisso pessoal da petista  no sentido de transformar em realidade um sonho que já dura mais de cem anos.

O senador paraibano partiu de Brasília cedo, ao lado da presidente Dilma e do ministro da Integração Nacional Francisco Teixeira. Inicialmente, Vital desembarcou em Petrolina-PE com a presidente de onde partiram para o canteiro de obras da transposição na Paraíba.

No primeiro compromisso, ele participou da inauguração  do Túnel Cuncas II,em São José de Piranhas. “Ao lado da Presidente Dilma  inauguramos o Túnel Cuncas II,em São José de Piranhas. O túnel faz parte da 3ª etapa das obras” anunciou.

Em entrevista ao lado do senador Vital do Rêgo, a presidente Dilma Roussseff (PT), disse que a integração do rio é fundamental para o Nordeste poder conviver com a seca.

“Estamos investindo para garantir que a falta de água não seja surpresa”, destacou Dilma. Ela disse que a Paraíba será beneficiada por dois eixos do Projeto de Integração do São Francisco. Ela também criticou a oposição que reclama da demora na entrega da obra, e disse que seus oposições fazem críticas mas nunca tiveram coragem de executar uma obra de tamanha envergadura e complexidade.
 
Ainda no Túnel Cuncas II, em São José de Piranhas (PB), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que as obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco são cruciais para garantir o melhor convívio com a seca recorrente na região. Ela ressaltou que a interligação tem envergadura especial para beneficiar 12 milhões de pessoas em estados do Nordeste, e que junto com outros projetos serão marcas indeléveis na questão da segurança hídrica.

“As autoridades aqui têm muita consciência sobre a questão da água, por isso que o Brasil aqui está avançando. Fizemos cisternas, usamos os carros-pipa do Exército, mas a que vai ficar e vai garantir que o Nordeste tenha segurança hídrica de fato é essa aqui Integração do São Francisco. No Ceará tem o Eixão das Águas. Na Paraíba, o Canal das Vertentes Litorâneas, e aqui esses dois túneis serão marcas indeléveis nessa questão. Estamos investindo para garantir que não seja surpresa para nós a falta de água”, analisou a presidenta.

Até dezembro deste ano de 2014, segundo afirmou o ministro Francisco Teixeira, da Integração Nacional, o governo espera concluir 75% das obras da transposição, e a previsão é de que o projeto seja concluído até o final de 2015. Até agora foram executados 57% da obra, incluindo-se o túnel Cuncas II, da Meta 3N, que fica localizado em São José de Piranhas, com desemboque na zona rural de Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba. O Cuncas II faz parte do antigo lote 14 do Projeto de Integração do São Francisco (PISF), e corresponde ao primeiro trecho de obra a ser inaugurado pela presidente Dilma.

Como presidente da comissão que acompanha as obras do “velho Chico”, Vital do Rêgo já realizou três visitas ao canteiro de obras da transposição do Rio São Francisco. A primeira visita da comissão ocorreu nos dias 7 e 8 de março de 2013, no eixo norte da obra. A segunda visita ocorreu no dia 19 de abril ano eixo leste da obra, nas cidades de Floresta e Sertânia, em Pernambuco, e Monteiro, na Paraíba. Em agosto do ano passado, Vital e os senadores, ministros voltaram a cidade de Monteiro para vistoriar as obras no eixo leste.

Assessoria

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria Calado na Tv recebe Everly Paloma e Forró Bom de Mexer de Ipaumirim- CE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Em Continência ao Senhor Jesus com a participação dos membros da Igreja Assembléia de Deus Canaã

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico cajazeirense Léo Abreu fala sobre suicídio e doenças mentais no programa Xeque-Mate; veja!

TESTEMUNHO

VÍDEO: Ex-cantor de forró de Cajazeiras diz que foi ‘salvo’ por 15 pessoas e se tornou cantor evangélico